Hack Town 2016: cuidados para não se frustrar em um evento tão diferente

Um dos principais eventos do país em inovação e criatividade acontece na pequena Santa Rita do Sapucaí, polo tecnológico localizado no Sul de Minas, cerca de 200 km da capital paulista.

No fim de semana de 02, 03 e 04 de setembro, acontece em Santa Rita do Sapucaí, cerca de 200 km da capital paulista, o segundo Hack Town. O evento vai reunir na cidade sul mineira mais de 150 atividades em temas como inovação, criatividade, tecnologia, música e startups. Serão palestras, debates, workshops, pocket shows e outras atividades espalhadas por dezenas de locais inusitados como bares e restaurantes. É um evento de formato pouco convencional, em um lugar nada óbvio – apesar de Santa Rita ser um reconhecido polo de inovação.

A dinâmica é inspirada no consagrado SxSW, festival caótico, considerado a meca da inovação, que acontece na também pequena Austin, no Texas. Apesar de proporcionalmente menor, o Hack Town tem uma infinidade de acontecimentos simultâneos. Portanto, pode ser uma experiência sem precedentes, daquelas de mudar a vida. É um evento diferente, repleto de atividades e pessoas interessantes. Talvez por isso, tem atraído cada vez mais mentes criativas de todo o país. No entanto, o Hack Town exige certo preparo. Não é uma simples experiência em que você chega a um centro de convenções, todo mundo se reúne em um anfiteatro, e tudo vem até você. É um fim de semana intenso e caótico, em que você terá que fazer escolhas o tempo todo. E para isso, deixamos aqui alguns cuidados que você pode tomar para que sua experiência na pequena Santa Rita seja inesquecível.

Fuja do lugar comum

É tentador optar por atividades mainstream e por conteúdo relacionado a temas do seu dia a dia. Em geral, são assuntos que você já tem familiaridade ou que são passíveis de aprender em casa lendo artigos, livros ou indo a eventos corriqueiros. O mais interessante do Hack Town é a diversidade de temas e de experiências compartilhadas por pessoas geralmente desconhecidas e de áreas diferentes da sua. Ao fugir dos assuntos e palestras óbvios, você foge, naturalmente, das obviedades.

Tenha vários planos

É um equívoco achar que uma palestra isolada pode transformar toda a sua forma de ver o mundo. Este pensamento é algo a ser evitado. Se fosse simples assim, o próprio Hack Town não teria motivos para ser tão intenso. Portanto, desprenda-se. Considere um plano A, um plano B e até mesmo um plano C. Assim, você evita frustrações e aproveita o que o evento tem de melhor a oferecer. A lista de palestras já está disponível no site www.hacktown.com.br e a grade com horários e locais costuma sair na semana do evento.

Flexibilidade é tudo

Os planos são essenciais, mas tenha em mente que essas escolhas não precisam virar lei. Se você não gostar de algo que começou a ver, deixe a sala e vá ao bar ou sala ao lado. Mesmo que a palestra de lá não esteja na sua lista, dê uma chance ao acaso. Pode ser uma experiência incrível. Além disso, se começar a chover ou se você se perder em um bate-papo com algum desconhecido, não hesite em simplesmente ir à palestra mais próxima – mesmo que não esteja nos seus planos. Aceite: você vai perder um monte de coisas incríveis. O que importa neste tipo de evento é forçar o cérebro a criar conexões entre assuntos aparentemente desconexos.

Prepare-se para caminhar bastante

O evento acontece em todo o centro da cidade – principalmente no sábado, dia principal do Hack Town. Nessa região, vários bares, restaurantes e salas de aula viram palco de palestras e debates, o que significa que não existe um só lugar onde os participantes convivem o tempo todo. Vá com sapatos confortáveis e prepare-se para andar de um lado para o outro.

Explore Santa Rita do Sapucaí

Nos intervalos, aproveite para circular por uma cidade pitoresca. Há muitos lugares para se conhecer, como o Mercado Municipal, botecos de interior, cafés tradicionais, lojinhas de produtos artesanais como geleias e queijos e vendinhas de comida mineira. Além de lugares inusitados, como a rua com uma árvore no meio, da qual os carros precisam desviar, e a icônica avenida que beira o Rio Sapucaí, onde no fim do dia milhares de garças ocupam as árvores e deixam a paisagem toda branca. Aproveite o ambiente simples, as esquisitices, e a natureza exuberante para trocar figurinhas com pessoas que participaram de outras palestras.

Você não está em uma grande capital, aproveite as diferenças

Na primeira edição do Hack Town, não foi raro ouvir reclamações pela falta de uma noite mais pulsante e 24 horas. Por mais intenso que seja o evento, ir a uma pequena cidade no interior de Minas e esperar encontrar a noite de São Paulo não faz muito sentido. Aproveite as atividades como meetups e happy hours que costumam acontecer de forma independente pela cidade após as palestras. Mas também aproveite para acordar cedo, para caminhar pelas simpáticas pracinhas, para fazer um voo duplo de parapente em uma das melhores pistas do país, para tomar café em uma padaria tradicional, para conhecer o campus do Inatel, ou até mesmo para percorrer as lindas estradas rurais da região.

No fim das contas, o que importa são as conexões

O simples fato de estar no meio do caldeirão de conteúdo no qual o Hack Town vem se transformando é uma experiência única. O que vai mudar a sua visão de mundo é a somatória de tudo – e não algo isolado. Com um pouco de desprendimento e com muita abertura para o novo, a experiência do Hack Town pode ser uma das mais estimulantes e inspiradoras da sua vida. Prepare-se para entrar de cabeça em um caos de conteúdo e diversidade. Afinal, são as conexões que farão a diferença.

Website: http://www.hacktown.com.br/

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s