Participar de Leilões online pode ser uma alternativa à crise

Confira abaixo algumas dicas e comece a fazer parte do mercado que está movimentando bilhões por ano no Brasil

É verdade que o comércio eletrônico vem ganhando cada vez mais espaço no cenário atual. Antes, as pessoas tinham certo receio ao fazer compras online, mas isso mudou, e os brasileiros já estão cada vez mais adaptados a esse novo mundo. É mais simples, rápido e está cada vez mais seguro.

As empresas viram nesse espaço uma excelente forma de conquistar mais clientes e conseguir um público mais diversificado. Além comércio tradicional feito pela internet, outro negócio que tem ganhado bastante espaço no mercado, é o dos leilões virtuais, por permitir que os interessados possam adquirir produtos novos ou quase novos, por preços bem atraentes

Hoje todo mundo pode comprar pela internet. E por que não oferecer tais benefícios também aos leilões online Os arrematantes podem ter a chance de comprar aquele produto esperado por um menor preço, e dessa forma, sair todos ganhando.

Um item geralmente vai a leilão, quando existe uma dívida que não foi quitada. Um bom exemplo é quando alguém deixa de pagar o condomínio ou as prestações de um carro. O comprador não paga há meses as prestações, e o caso vai parar na Justiça – e é o juiz que decide como a dívida deve ser paga. Assim, muitas vezes o devedor perde o carro ou apartamento recém-comprado.

Conheça um pouco mais sobre esse mundo dos leilões online, dê um lance – ou coloque algo à venda – e descubra mais um meio para fazer seus negócios.

Quanto os leilões online movimentam?

Segundo o Jornal Gazeta do Povo, em uma matéria que saiu em dezembro de 2015, é na área imobiliária que se tem o maior registro de movimento. O volume de eventos organizados pelos escritórios de leilão online, aumentam cerca de 30% ao ano, e boa parte é gerada por imóveis leiloados por uma ação judicial.

Por conta da expansão do crédito, aumentou também a inadimplência. Mas são as dívidas de condomínio e de tributos que mais levam o imóvel a leilão, pois no modelo de garantia por alienação fiduciária, a partir da terceira parcela que se está inadimplente, a instituição que fez o financiamento, pode iniciar a retomada do imóvel.

Só em 2013, entre as 153.198 unidades financiadas pela Caixa Econômica Federal no Paraná, 144 mil foram leiloadas.

É seguro entrar em um leilão online?

Entrar em um leilão é uma atividade segura. Existem empresas específicas que fazem o trabalho de analisar tanto o vendedor quanto o comprador para saber se o negócio a ser feito, é seguro para os dois lados.

Existem empresas e investidores que vivem só de compras em leilão, tanto para revender como para alugar. O leilão virtual é uma ferramenta a mais que veio para ajudar o setor e permitir mais conforto aos clientes, além do anonimato, pois o comprador pode estar em outro Estado ou até em outro país. Por conta disso, houve democratização do leilão, pois no online, fica mais fácil dos clientes combinarem valor entre si – prática antes que só poderia ocorrer quando era um leilão presencial.

A experiência tem mostrado também, que os valores dos bens arrematados em leilão, são bem diferentes daqueles praticados no mercado, pois se assim não fosse, não existiria a vantagem em se comprar bens em um leilão.

Como saber se os produtos são mesmo bons para comprar?
A grande vantagem de se comprar em um leilão é que existem objetos que são praticamente novos e com preços muito bons. A procedência dos bens é sempre previamente analisada, o que garante ao comprador a posse e propriedade dos bens adquiridos.

Como começar a empreender em um leilão online?

Para começar, busque uma empresa de leilão online de confiança e veja em uma consultoria, qual seria o valor mínimo adequado para o lance. É isso.
Pois quando o vendedor opta por colocar seu produto à venda através de um leilão online, ele se livra de muitas tarefas, despesas e complicações comuns que teria se tivesse vendendo por conta própria. Pois no momento em que contrata os serviços para a realização do leilão online, fica sob a responsabilidade do leiloeiro e de sua equipe, todas as providências administrativas: publicação de editais, convocação dos interessados, mala-direta, catálogos com descrição dos bens, marcação dos lotes, venda,contabilização e recebimentos. Além disso, o leilão online permite a realização de bons negócios de maneira clara, objetiva e acessível a vários tipos de públicos.

Quais são as categorias de leilões?

-Leilão Empresarial:
Qualquer entidade, seja física ou jurídica pode vender através dos leilões. Muitas empresas recuperam ativos em desuso através dos leilões, gerando caixa e agilizando seus processos de renovação de ativos. O resultado é um conjunto de oportunidades variadas de negócio, que são disponibilizadas pela internet, chegando aos mais variados tipos de investidores.

-Leilão Judicial:
Os bens têm origem em processos judiciais, nos quais o juiz determina, por indicação dos advogados, o leilão como forma de alienação de bens. Excelentes oportunidades de negócio são disponibilizadas aos compradores e judiciário ganha agilidade processual e transparência nas alienações.

Curiosidades sobre leilões:

• Ninguém põe nada em leilão sem comprovar sua procedência;
• O produto é vendido no leilão no estado em que se encontra, sem garantia;
• Na venda de carros, problemas graves como motor fundido são informados antes;
• Quando o leilão é extrajudicial, é permitido levar um especialista para avaliar o produto de interesse no dia de visitação;
• Leilão não dá direito a devolução nem a desistência;
• As condições de venda e pagamento de cada leilão são elaboradas de acordo com a Legislação (Lei de Execuções Fiscais, Execuções Trabalhistas – CLT, Nova Lei de Falências, Código de Processo Civil, etc.) e interpretação do juiz responsável;
• O comprador que não efetuar pagamento ou o depósito dos valores corretamente, seja em virtude de prazos ou valores, além de arcar com a multa cabível, será impedido de participar dos próximos leilões judiciais, bem como responderá à inquérito criminal, instaurado a pedido da Corregedoria;
• Caso o comprador seja impedido de visitar o bem por parte do executado ou fiel depositário, ele deve solicitar o acompanhamento de um oficial de justiça perante o Fórum responsável;
• Mecha do cabelo de Elvis atingiu US$ 18 300 em leilão realizado em Chicago em 2009;

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s