Recolocação profissional em tempos de crise requer autorreflexão, explica headhunter e coach

Qual é o seu grau de empregabilidade? O que você fez na sua carreira até o momento, onde está e para onde vai? Questiona o especialista Bruno Cunha

A situação no Brasil não é das melhores, política e economicamente falando. O setor industrial, por exemplo, teve queda de 0,6% na taxa de emprego em fevereiro, segundo dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O mesmo também revelou que o desemprego ficou em 11,2% no primeiro trimestre de 2016, maior porcentagem desde 2012, quando a pesquisa teve início. Milhares de pessoas estão em busca de recolocação profissional nos mais diversos níveis e com as mais variadas experiências. Graduados, pós-graduados, coordenadores, gerentes, etc. sentem-se “perdidos” em meio à oscilação no mercado, sem referenciais que ajudem a encontrar uma direção para retomar a carreira. A pergunta mais difícil é: por onde (re)começar?

Há quem tenha se especializado justamente em contribuir para que profissionais s disponíveis encontrem melhores oportunidades e possam voltar à atividade, garantindo renda e, consequentemente, contribuindo para melhoria do quadro econômico. Bruno Cunha, por exemplo, atua como Psicanalista, Headhunter & Coach de Carreira na Pontus Consultoria em RH. Sua principal função é justamente ajudar o profissional a se “reencontrar” consigo no âmbito das habilidades adquiridas e experiências acumuladas. De acordo com o especialista, o primeiro passo é fazer uma autorreflexão. A partir dele, outras etapas devem ser elaboradas:

1. Tente refletir de maneira mais profunda sobre a sua carreira começando pela última experiência relevante e volte décadas se necessário.

2. Veja eventuais fracassos e escreve em um papel.

3. Anote o que você faria de novo com prazer e o que não gostaria de fazer.

4. Identifique as suas principais especialidades e competências assim como pontos fracos e pontos fortes.

5. Analise as informações e veja se a demissão foi por alguma lacuna entre a situação da empresa e o seu momento de carreira.

De acordo com o especialista, muitas vezes a demissão pode ser a abertura para novos caminhos profissionais. “Somos frutos dos nossos comportamentos e a busca pelo novo emprego ou recolocação deve traduzir-se em um movimento de busca da realização de um propósito ou objetivo”, explica o Headhunter que também comenta sobre a importância de “tornar-se consciente dos nossos motivadores e sabotadores, pois é extremamente necessário para nos tornar mais fortes enquanto indivíduos, e aprendendo a lidar com eles nos damos verdadeiramente a possibilidade de realizar, alcançar ou concretizar algo”.

O especialista ainda afirma que a reflexão deve ser contínua, até porque a vida não é um resultado e sim um processo. A autorreflexão, por sua vez, é realizada durante um processo de racionalização da vida profissional: “o que fiz na minha carreira até o momento, onde estou e para onde vou? Qual a minha missão, visão e valores? Que recursos, favoráveis ou não, eu disponho? Quais as oportunidades e ameaças?” são as questões centrais a serem levantadas.

A prática do gerenciamento de carreira deve ser condição constante da vida profissional. “Imagine se uma empresa fosse gerida apenas em tempos de crise ou oscilação?”, questiona Bruno Cunha. Prática que, sem dúvidas, previne impactos decorrentes de crises urgentes e inesperadas. Para quem busca se recolocar no mercado, o ideal é fazer esta autorreflexão e procurar por especialistas como os da Pontus Consultoria em RH. A empresa, criada por Bruno Cunha, apoia diversos profissionais em processos de recolocação ou transição de carreira no mercado. Para saber mais, acesse o site oficial: .
Website: http://www.pontus.com.br

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s