Tesouro SELIC x Prefixado – O que investir no Tesouro Direto? Plataforma de Renda Fixa ajuda investidor iniciante

Plataforma online divulga estudo que ajuda (com dados históricos) investidores iniciantes a escolherem entre títulos pós-fixados na SELIC e títulos pré-fixados. Os investidores podem baixar gratuitamente uma planilha de comparação e simulação e melhorar seus retornos.

Plataforma online especializada em investimentos em renda fixa divulga estudo inédito com base em dados históricos sobre o comportamento dos títulos públicos.

Aquele investidor que já saiu da poupança e começa a dar seus primeiros passos rumo ao mundo dos investimentos, quase sempre começa no Tesouro Direto – sistema criado pelo Governo Federal para vender títulos públicos.

Depois de abrir uma conta em uma corretora, o investidor precisa tomar algumas decisões e quase sempre esbarra nas mesmas dúvidas.

A Desfixa – Renda Fixa Descomplicada se propõe a ajudar o pequeno investidor com estudos mais detalhados sobre títulos de renda fixa.

Outro foco da plataforma é desmistificar produtos bancários que são muito difundidos no Brasil, mas acabam sendo ruins para o investidor. É o caso, por exemplo, da Poupança, Títulos de Capitalização e Consórcios.

O principal problema para se fazer um estudo sério sobre o tema Tesouro SELIC ou Tesouro Prefixado (http://desfixa.com.br/tesouro-selic-tesouro-prefixado/) é que isso mexe com duas coisas dificílimas de explicar: estimativa e expectativa.

Ao contrário de SELIC x IPCA em que olhar para o passado por meio de um estudo histórico ajuda de forma eficaz, a decisão de investir em títulos atrelados à SELIC ou em títulos prefixados envolve um exercício de prever o futuro sob dois ângulos:

a) Estimativa – Você precisa estimar como a Taxa SELIC se comportará no futuro. Tentar prever como o COPOM (Comitê de Política Monetária) vai decidir nas reuniões que acontecem durante o ano.

b) Expectativa – Você precisa entender a expectativa do mercado, ou seja, dos investidores e dos técnicos do Tesouro (responsáveis por mexer no preço dos títulos prefixados) em relação a taxa SELIC e ao desempenho da economia do país.

Depois que você compreende esses conceitos, a lógica por trás até que é simples:

Se você acha que a SELIC vai cair e a expectativa do mercado ainda não foi refletida no preço do título prefixado, o melhor é comprar esses títulos prefixados.

Mas se você acha que a SELIC vai subir mais do que a expectativa do mercado e, portanto, isso ainda não está refletido no preço do título prefixado, comprar títulos atrelados a SELIC é melhor.

Antes de sair investindo e achando que é o bambambam. Você sabia que os grandes bancos e grandes investidores possuem modelos matemáticos supersofisticados para tentar prever essas duas coisas?

É fundamental para o investidor iniciante dominar alguns conceitos, é muito mais fácil do que se imagina.

Website: http://desfixa.com.br/tesouro-selic-tesouro-prefixado/

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s