UEE decide assinar acordo de cooperação com a China

"As negociações da UEE com a China começarão no primeiro trimestre do próximo ano", disse o presidente da Junta da Comissão Econômica da Eurásia

Burabai – Os membros da União Econômica Euroasiática (UEE) decidiram nesta sexta-feira, na reunião realizada na cidade cazaque de Burabai, assinar um acordo com a China sobre comércio e cooperação econômica.

“As negociações da UEE com a China começarão no primeiro trimestre do próximo ano”, disse aos jornalistas o presidente da Junta da Comissão Econômica da Eurásia, Viktor Khristenko.

“A decisão foi adotada pelos governos dos países-membros da UEE para coordenar as ações e chegar a posições comuns no projeto do cinturão econômico da Rota da Seda”, acrescentou Khristenko.

Os acordos de cooperação abrangem também Índia, Irã e Egito, entre outros países, acrescentou o porta-voz, que disse ainda que a UEE “começará as negociações com o Estado de Israel focadas em um acordo de livre-comércio”.

Em nível interno os presidentes dos países integrantes da União Econômica Euroasiática se comprometeram com “uma maior liberalização do mercado de serviços”, assinalou

Khristenko explicou que se trata “da eliminação das barreiras correspondentes a 21 setores de serviços” e citou como exemplos “a publicidade, auditorias e diversos setores da construção”.

Durante o encontro foram estabelecidas também as diretrizes de cooperação com parceiros estrangeiros e o plano de atuação específico para o próximo ano.

A cooperação da União Econômica Euroasiática com União Europeia foi outro dos temas abordados.

“Os Estados-membros da UEE agilizarão os acordos comuns através do representante permanente de Belarus perante a União Europeia”, comentou o porta-voz.

O documento que versará sobre a cooperação da União Econômica Euroasiática com a União Europeia será entregue pelo representante permanente de Belarus ao presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

A União Econômica Euroasiática realizou hoje a segunda reunião plenária, desde sua formação no último mês de janeiro, na qual se fixaram os objetivos socioeconômicos até 2030.

Na reunião estavam presentes os presidentes da Rússia, Vladimir Putin; da Armênia, Serkh Sargsyan; de Belarus, Alexander Lukashenko; do Quirguistão, Almazbek Atambaiev, e o anfitrião Nursultan Nazarbayev, presidente do Cazaquistão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s