Você quer saber se vai chover na sua fazenda?

Vivemos em uma época onde as anomalias climáticas têm se intensificado ano a ano. Especialistas dizem que estas características são indícios de uma mudança climática global na terra e que desastres naturais estão se tornando normais. Tecnologias de última geração alinhadas a modelos de previsão de chuvas levam produtor rural a buscar soluções que ajudem diretamente a minimizar os riscos inerentes à perda de safra

Como utilizar a previsão do tempo para minimizar perdas no campo.

Vivemos em uma época onde as anomalias climáticas têm se intensificado ano a ano. Especialistas dizem que estas características são indícios de uma mudança climática global na terra e que desastres naturais estão se tornando normais.

Mudanças no clima trarão uma série de impactos em diversos setores, como nos recursos hídricos, na geração e distribuição de energia, e na produção de alimentos.

Não apenas a quantidade, mas também a qualidade dos recursos hídricos está comprometida. Entre os problemas a serem enfrentados, está o risco de colapso no abastecimento de água em várias regiões urbanas, devido a estiagens mais prolongadas; maior risco de inundações; elevação do nível do mar e entrada de água salina nos lençóis subterrâneos.

Tecnologias de última geração alinhadas a modelos de previsão de chuvas levam produtor rural a buscar soluções que ajudem diretamente a minimizar os riscos inerentes à perda da safra. De acordo com Embrapa, o aumento da tecnologia no setor agrícola poderia significativamente evitar que ocorram perdas decorrentes de mudança do clima na maior parte das regiões.
http://www.mma.gov.br/port/conama/reuniao/dir929/1330_04MagdaLima.pdf

Para Marcelo Silvani, empresário rural na região do Triângulo Mineiro, saber quando e quanto vai chover em sua fazenda é essencial para programar todo ciclo de produção, pois o trabalho é totalmente dependente do clima nas áreas não irrigadas que ele gerencia. Segundo o agricultor as atividades na fazenda são dependentes das condições de chuva, uma vez que “tudo tem relação com o tempo e clima, inclusive a rentabilidade do meu negócio. Se temos uma previsão antecipada conseguimos nos preparar para as anomalias, podendo ser falta de chuva ou excesso da mesma”, comenta Marcelo.

Produtores rurais da mesma região relatam que nos últimos 27 ciclos anuais de produção, somente nos 4 anos mais recentes, tiveram anomalias significativas levando a perdas de produtividade acima de 30%.

Marcelo relata que dentro do manejo da fazenda ele poderia controlar apenas 10% dos fatores que implicariam em riscos e perdas, sendo os outros 90% dependentes do clima e suas variações.

Modelos avançados de processamento desenvolvem, aperfeiçoam e monitoram sistemas de assimilação de dados e informações atmosféricas, calculando as previsões a análises de clima.

Para André Aguirre Ramos, engenheiro agrônomo com larga experiência em maximização da produtividade agrícola e análise de risco, em uma escala de 0 a 10, a importância de se prever com mais acertividade o tempo e clima na fazenda é total, pois está diretamente relacionada a sobrevivência do agricultor na sua atividade econômica.

Leonardo Sologuren, engenheiro agrônomo, sócio diretor da HORIZON/AGRINET, comenta que tecnologias muito avançadas já estão sendo aplicadas diretamente em propriedades no estado de Minas Gerais e São Paulo, trazendo um mapa de chuvas e umidade de solo da própria fazenda.
“O mapa de chuvas e umidade do solo ajudam diretamente o produtor a tomar decisões gerenciais levando em consideração o pacote tecnológico escolhido e a maximização dos resultados na genética das sementes adquiridas”, diz Leonardo.

Com base na informação de que o produtor rural vai usar dados de seu manejo para melhorar os índices de produtividade, André Galassi, mestre em Biotecnologia, sócio diretor da Agrinet, ressalta que tecnologias de ponta garantem que estes dados fidedignos saiam do campo, se juntem a outras dezenas de modelos nacionais e internacionais de previsão de chuva, sejam lidos em algoritmos inteligentes e que rapidamente, em milésimos de segundos, serão entregues na tela do produtor com o mapa de chuvas customizado para aquela fazenda.
Neste contexto, o Professor Ricardo de Camargo do Departamento de Ciências Atmosféricas (Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas) da Universidade de São Paulo explica a importância de se coletar dados de clima e tempo na própria fazenda, “A disponibilidade de informações meteorológicas em locais específicos de interesse tem uso primordial na avaliação de desempenho das previsões de tempo em escala global e nos seus correspondentes ajustes. Isto ocorre porque as previsões de tempo são fundamentadas em resultados de simulações numéricas das condições atmosféricas, as quais possuem restrições de representação espacial da ordem de poucas dezenas de quilômetros, o que limita muito o detalhamento. Desta forma, a simples existência de uma informação local permite uma avaliação confiável do viés das previsões de larga escala realizadas por cada modelo, tornando possível a construção de uma estatística baseada em uma ponderação com este tipo de consideração.”

Sobre Leonardo Sologuren – Engenheiro Agrônomo, mestre em economia, membro do conselho do CIB (Conselho de Informações sobre Biotecnologia) e membro fundador do CESB (Comitê Estratégico para Soja no Brasil) com longa experiência em consultoria e análise de mercados agrícolas, relacionado a economia e analyses setoriais da agricultura brasileira.

CROPNET é tecnologia única que prevê chuvas no local de análise. www.cropnet.com.br / www.cropnet.us

Texto do departamente de assessoria de imprensa da Agrinet
André Galassi (Sócio Diretor Agrinet)
contact@cropnet.us
andregalassi1@gmail.com
+ 55 11 94242 1102
+55 34 3216 3282

Website: https://www.cropnet.us/#!/

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s