Você sabe o que é Estomatologia e como pode prevenir os efeitos colaterais em um tratamento oncológico?

Pessoas que estão passando por uma doença grave, como o câncer, normalmente adquirem efeitos colaterais do tratamento, como úlceras e lesões na boca. A laserterapia é uma excelente aliada nesse momento tão delicado, pois alivia consideravelmente a dor

Estomatologia, palavra derivada do grego “estoma” (que significa “boca”), é o estudo da boca.
O dentista especialista em Estomatologia, é um profissional que previne, diagnostica e trata as enfermidades relacionadas à boca (e a todo aparelho estomatognático). É constituído pelos lábios, dentes, mucosa oral, glândulas salivares, tonsilas palatinas, faríngeas e demais estruturas da orofaringe.

Efeitos colaterais do tratamento oncológico

O tratamento oncológico faz com que o paciente tenha uma queda de resistência, ficando mais vulnerável às infecções. Nesse período, qualquer foco de infecção dentária ou periodontal pré-existente pode representar um grande risco.

Segundo a Profa. Dra. Juliana Bellini “a eliminação desses focos de infecção dentária, antes do tratamento oncológico, é bastante importante”. O papel do estomatologista nesses casos é fundamental para evitar complicações orais e, caso se manifestem, tratá-las.

Existem vários efeitos colaterais que o tratamento oncológico pode causar na boca como xerostomia (boca seca), sangramento gengival, infecções secundárias devido a imunossupressão por fungos, vírus, bactérias, neurotoxicidade e a mucosite que se apresenta sob forma de várias úlceras (feridas) bastante doloridas, que impedem o paciente de se alimentar, e que são uma possível porta de entrada para infecções sistêmicas.

Um dos tratamentos usados para tratar e prevenir a mucosite é a laserterapia. O tratamento oncológico (quimioterapia e radioterapia) deverá ser iniciado ao mesmo tempo que as aplicações de laser de baixa intensidade que produz, dessa maneira, um efeito biológico positivo. “O laser promove a bioestimulação, aumentando o metabolismo celular, acelerando a cicatrização, pois possui propriedades anti-inflamatórias, diminui edema e reduz imediatamente a dor”, explica a especialista.

Existem também medicações específicas para minimizar o desconforto causado pela mucosite. Entre elas estão soluções antiácidas (agentes protetoras da mucosa), anti-inflamatórias, analgésicas e anestésicos tópicos.
Para a Dra. Juliana Bellini, “devido às complicações orais, o tratamento oncológico pode ser interrompido, por isso é sempre bom prevenir, e a prevenção é feita antes do início do tratamento”.

Outra dica da especialista é que as pessoas aprendam a fazer o autoexame bucal para detectar possíveis lesões ou alterações na boca, palato, língua e lábios.

Minimizando os efeitos colaterais é possível aos pacientes passar pelo tratamento e por esse momento tão difícil da melhor maneira e com boa qualidade de vida.

Sobre a profissional
Dra. Juliana Bellini é Cirurgiã-Dentista com Título de Especialização em Estomatologia. É Mestre em Medicina – Cirurgia de Cabeça e Pescoço –, e Membro International do College of Dentists.
É Professora no curso de Odontologia, na UNIP, em Sorocaba e Campinas.
A profissional também é capacitada para aplicação clínica e terapêutica da toxina botulínica na Odontologia.

Assessoria de imprensa
Mari Bellini
Jornalista
(15) 9 8168-5613
(11) 9 5354-8035
maribellini@hotmail.com
www.facebook.com/jornalistamaribellini
www.facebook.com/drajulianabellini/

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s