Airbnb oferece cadeia como opção de hospedagem

Iniciativa faz parte de uma campanha contra o turismo sexual na Costa Rica

São Paulo – O dito “turismo sexual” é um problema sério, que afeta inúmeros países em todo o mundo.

Pensando em conscientizar o público, sobretudo pessoas que viajam a outros países em busca do “mercado” de prostituição de menores, a fundação Raabe e o Airbnb desenvolveram uma campanha digital impactante, em parceria com a Leo Burnett Costa Rica.

O famoso site de hospedagem criou uma opção de “apartamento” totalmente inusitada: uma prisão popular.

As imagens e a descrição mostram qual é o ambiente deplorável que alguém poderá “vivenciar” caso opte por cometer esse crime ao procurar menores de idade para fins sexuais.

A ação digital de guerrilha, que na tradução livre se chama “O lugar onde você nunca vai querer se hospedar”, foi feita no último 30 de julho, considerado o Dia Mundial Contra o Tráfico de Seres Humanos.

Confira abaixo o vídeo case:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s