Cerveja Guinness terá receita 100% vegana

Marca está em busca de uma substituição para a receita a base de ictiocola

São Paulo – A cerveja Guinness vai se tornar consumível para vegetarianos e veganos em 2016.

Após 256 anos usando em sua receita a ictiocola – gelatina feita da bexiga de peixes – a marca está em busca de uma substituição que não seja de origem animal. Um porta-voz da Guinness fez o anúncio em entrevista ao The Times.

Segundo a AFP, a ictiocola acelera a filtragem, o clareamento e o refino da cerveja. O processo serve para retirar partículas da mistura de fermentação alcoólica conhecida como “mosto”.

De acordo com o Independent, a mudança vem após diversas petições de vegetarianos e veganos para a retirada da substância da receita. A Guinness e outras cervejas não são obrigadas a colocar no rótulo uma indicação do uso de ictiocola.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s