Estes são os significados dos nomes destas marcas de moda

Algumas marcas tem histórias mirabolantes por trás, enquanto outras apostam na simplicidade

Por trás do nome de cada grande marca existe um grande significado? Bem, nem sempre! Às vezes, a simplicidade, pode soar muuuito melhor do que algo pomposo, como é o caso da maioria das marcas desta lista.

Vem ver!

1. Zara

(Divulgação)

Essa história é demais! Amancio Ortega Gaona, em 1975, abriu uma pequena loja para a venda de robes no norte da Espanha.

Resolveu batizar o negócio como Zorba, por causa do filme “Zorba, o Grego”, mas o tal longa-metragem era bastante popular na época e a duas quadras de distância da butique já existia um bar com o mesmo nome.

O dono, claro, foi reclamar com Ortega. Infelizmente (ou felizmente?), o empresário (hoje bilionário) espanhol já tinha feito os moldes com as letras para a placa e não queria ter prejuízo logo no começo.

O que ele fez? A partir das letras que tinha, testou várias possibilidades e ZARA ganhou. 

2. Vetements

(Divulgação)

Não tem jeito, o coletivo parisiense capitaneado por Demna Gvasalia, hoje, também diretor criativo da Balenciaga, é a marca que está na boca dos fashionistas – para o bem ou para o mal.

Com forte pegada streetwear e questionando padrões de gênero, a label buscou na simplicidade o significado para o nome dela. Vetements é o termo francês correspondente a vestuário. Sim, já que eles fazem roupas nada mais apropriado do que chamar a empresa dessa forma. 

3. Colcci

(GettyImages)

Tudo começou quando a dona da marca, Lila Colzani, ganhou na loteria e com o dinheiro – que não era muito – comprou uma máquna de costura. Aprendeu o ofício e, em 1986, aos 20 anos, abriu uma confecção.

Agora, aceitando todo tipo de encomenda, ela precisava nomear a firma! Teve a ideia de fundir o nome dela de batismo, Luciana, com o sobrenome do então marido, Colzani.

Separou as sílabas e gostou de como “Col” e “Ci” soavam juntos, acrescentou um ce para deixar mais “italiano”.

4. C&A

(Divulgação)

Uma das lojas de departamento mais famosas do Brasil, a C&A, que abriu a primeira loja em 1841 na Holanda, traz um significado bem simples no nome.

É basicamente as iniciais dos nomes dos irmãos holandeses Clemens e August Brenninkmeijer, os fundadores da cadeia de varejo.

5. Nike

(Konrad Fiedler/Bloomberg)


 

Fundada nos Estados Unidos, em 1964, por Bill Bowerman e Phillip Knight, a Nike nem sempre foi Nike. Inicialmente operando como uma distribuidora da japonesa Asics, foi chamada de “Blue Ribbon Sports” (uma alusão à fita azul concedida ao navio que faz a travessia mais rápida do Atlântico). 

Em 1971, junto da primeira inovação tecnológica da empresa, o solado chamado de “Waffle Trainer”, surgiu a necessidade de um novo nome. “Dimension 6” foi considerado, mas no fim, “Nike”, a Deusa Grega da vitória, saiu vencedor – ideia do primeiro funcionário da companhia, Jeff Johnson.

6. Forever 21

(Divulgação)

Tudo começou, lá em 1984, em um lugar desvalorizado no subúrbio de Los Angeles. Os recém-chegados imigrantes sul-coreanos Dong-Won Chang e Jin Sook viviam para trabalhar.

Chang, por exemplo, que só tinha o segundo grau completo na época, se dividia em três empregos, um deles em um posto de gasolina. A partir dessa experiência, resolveu, junto da esposa, abrir o próprio negócio: surgia a “Fashion 21”, que vendia roupas vindas da Coréia do Sul, país de origem dos dois, para quem gostaria de sair por aí parecendo “legal”.

Após um ano, a marca era um sucesso total e investiram na abertura de outra loja, e outra, e outra… Adotaram a política de inaugurar uma butique nova a cada seis meses!

Nascia, finalmente, a Forever 21 (em português, “Para Sempre 21)! E a alcunha é autoexplicativa: a consumidora ideal da companhia é a garota de 21 anos, que quer estar “na moda”, mas não tem tanto dinheiro.

Além disso, traz o apelo para com as mais jovens que teoricamente sonham em chegar a essa idade, já que nos Estados Unidos é quando a pessoa pode ser considerada maior.

7. Adidas

O logo da Adidas (Reprodução)

Outra história daquelas! Na década de 1920, os irmãos Adolf e Rudolf Dassler começaram na própria casa, na cidade de Herzogenaurach, na Alemanha, a produzir tênis ideais para a prática esportiva. O sucesso veio rápido e com ele os problemas!

Adolf Hitler não gostou nem um pouco de saber que na Olimpíada de Berlim, em 1936, a empresa era parceira do atleta norte-americano negro Jesse Owens (ele faturou quatro medalhas de ouro nos jogos, vencendo alemães) e mandou, durante a Segunda Guerra Mundial, confiscar a fábrica da família. 

Com o fim do desprezível conflito, resolveram retomar as atividades, porém algo tinha mudado: a relação dos irmãos azedou e cada um optou por seguir o próprio caminho.

Adolf criou a Adidas, uma junção do apelido dele (Adi) com o sobrenome Dassler, e Rudolf abriu a Ruda, também seguindo a mesma fórmula. Posteriormente trocou para, sim, Puma, por soar mais ~atlético~.

8. Havaianas

O logo da Adidas (Divulgação)

Ah, essa não é tão difícil, vai! Embora a inspiração para a criação sejam as Zori, sandálias orientais feitas de palha de arroz, a empresa Alpargatas foi buscar nas praias do Havaí, lugar que em 1962, data de criação do produto, era o ~point~ dos ricos e famososo, o nome perfeito.

Deu no que deu: um dos principais produtos de exportação do Brasil para o mundo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s