Hospital desenvolve sabonete “contra o câncer”

Como educar a população de um país onde a doença é a segunda principal causa de morte entre homens e mulheres?

O câncer é um inimigo silencioso e muitas vezes letal, mas que pode ser combatido com sucesso, principalmente quando detectado em seu início.

A grande questão é: como educar a população de um país onde a doença é a segunda principal causa de morte entre homens e mulheres?

Pensando nisso, o Hospital HIMA- San Pablo, em San Juan (Porto Rico) desenvolveu uma ideia inovadora em sua concepção e simples na execução, o “Life Soap”; um sabonete para lembrar e orientar cidadãos sobre a importância do autoexame. 

“Em muitos casos, tudo o que preciso é um autoexame simples para detectar um tumor cancerígeno. Infelizmente, a maioria das pessoas não têm o hábito de realizar estes exames”, afirmou Iván del Toro, médico diretor do hospital.

A ação, criada pela TBWA San Juan, consistiu em desenvolver sabonetes com mensagens gravadas que lembram as pessoas sobre o quanto é essencial que realizem o autoexame.

Além disso, a embalagem do produto funciona como uma espécie de bula contendo todas as instruções para a realização correta do procedimento, tanto em homens (testículo) como em mulheres (seio).

Para colocar a ideia em prática, o sabonete foi enviado por correio para os clientes do Hospital, além da realização de ativações em diversas ruas de San Juan.

“Estou muito orgulhosa por fazer parte de um projeto que pode fazer a diferença real e tem o potencial de salvar vidas”, disse Luzirene Mendoza, CEO/sócia da TBWA San Juan.

O idealizador do projeto é o brasileiro André Felix, que recentemente descobriu que a sua avó de 88 anos está com câncer de mama.

O publicitário, que já criou cases como o inesquecível “Meeting Murilo”, colocou cabeça e cérebro para funcionar e mais uma vez utilizou a criatividade a serviço de uma iniciativa que pode melhorar e até salvar a vida das pessoas.

Por que um sabonete? Depois de muita pesquisa, descobriu-se que o momento mais oportuno para entregar essa mensagem é durante o banho, quando geralmente as pessoas têm um contato mais íntimo com o próprio corpo.

“Se este projeto ajudar uma pessoa a ser salva com o autoexame, certamente será a ideia mais importante da minha carreira”, concluiu Félix.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s