“Karaokê de dublagem” desafia público e divulga festival

A proposta era que as pessoas selecionassem algum filme na máquina e reinterpretassem a cena que surgia legendada na tela

Se você é daquelas pessoas desinibidas que não têm vergonha de “pagar mico” em público, participar dessa ação criada pela J. Walter Thompson em Nova Iorque não seria problema algum.

Para divulgar a 15ª edição do New York City’s Tribe Film Festival, a agência instalou uma espécie de “karaokê da dramaturgia” que ganhou o nome de ReActor.

A proposta era que as pessoas selecionassem algum filme na máquina e reinterpretassem a cena que surgia legendada na tela.

De frases icônicas como “No, I am your father”, de Star Wars, e “I see dead people”, de O Sexto Sentido, até uma ousada dublagem dos gemidos de Sally em “When Harry Met Sally”, a ação divertiu os presentes e rendeu cenas engraçadas que podem ser conferidas no video case abaixo.

Além de premiar os participantes com ingressos para o Festival, a máquina ainda gravava suas interpretações e disponibilizava um link no YouTube para que eles pudessem compartilhar com seus amigos. Confira:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s