Marca usa tecnologia do preservativo no uniforme de atletas

Com design inspirado na biomimética, que traz detalhes encontrados na natureza, a roupa tem o objetivo de minimizar as limitações do corpo

Aproveitando a tecnologia aplicada nos preservativos, a Skyn resolveu lançar um uniforme para atletas de alta performance em salto em distância. O SkynFeel foi criado com o mesmo material das camisinhas da marca.

Com design inspirado na biomimética, que traz detalhes encontrados na natureza, a roupa tem o objetivo de minimizar as limitações do corpo e dar ao atleta tempo extra no ar.

No mundo dos esportes de alto rendimento, você busca por qualquer vantagem, diz David Chaker, diretor Global da Ansell para a linha Skyn.

“Nós desenvolvemos o experimento para explorar a possibilidade de que nosso material aumente a performance de um atleta de elite”.

O traje é incrivelmente leve – é como vestir nada – e se molda perfeitamente ao corpo. Por isso seria muito interessante ter um atleta usando-o em uma competição.

Para criar o vestuário conceito, a Skyn contou com a colaboração de Pauline Van Dongen, estilista cujas criações são baseadas em tecnologia vestível.

O que me impressionou sobre o material do SkynFeel é que ele é super elástico, leve e forte, conta Pauline.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s