O que você faria ao ver uma mulher ser agredida por homem?

O canal AbudTV, do Youtube, resolveu reproduzir aqui no Brasil um experimento social já feito na Suécia no ano passado

São Paulo – Você entra em um elevador e presencia uma cena, no mínimo, desagradável.

No local, o homem diz para sua namorada: “Te bato aqui, te bato em casa e não estou nem aí pra quem está do lado. Você quer apanhar de novo? Se você falar de novo com ele eu te mato”.

Como você reagiria a uma situação dessas?

Para responder a esta pergunta, o canal AbudTV, do Youtube, resolveu reproduzir aqui no Brasil um experimento social já feito na Suécia no ano passado.

Em um elevador, foi colocada uma câmera. Dois atores, um homem e uma mulher, encenaram situações de violência na frente de pessoas que entraram com eles no local.

As pessoas filmadas demonstraram desconforto, mas apenas se afastaram e esperaram as portas do elevador abrirem para saírem. Ao final das gravações, apenas duas das 41 pessoas tentaram intervir. O vídeo já foi assistido mais de 200 mil vezes.

No Brasil, cada ano, mais de um milhão de mulheres ainda são vítimas de violência doméstica, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ao final da gravação, há um alerta para que as pessoas não deixem “uma agressão ser apenas ‘mais uma agressão'” e denunciem no 180.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s