Objetos analógicos são adaptados para conectar idosa

Empresas resolveram criar um projeto para reconectar uma senhora, moradora de uma ilha remota do Japão, a sua família em outra cidade

Embora a tecnologia no Japão esteja em constante evolução, existe uma parte da população que ainda não é impactada pelas ferramentas sofisticadas que surgem de tempos em tempos.

É o caso de idosos que vivem em áreas rurais. Não ter contato com recursos de ponta não é exatamente um problema para essas pessoas mas, em um mundo em que as pessoas estão cada vez mais conectadas unicamente pela tecnologia, isso pode significar o isolamento de relações importantes como o contato com familiares.

Pensando nisso, a empresa de telecomunicações SoftBank, em parceria com as agências Hakuhodo e Tashizan, resolveram criar um projeto para reconectar uma senhora, moradora de uma ilha remota do Japão, a sua família que vive na cidade de Osaka.

A grande sacada da ação é que foram utilizados meios completamente analógicos, como um jornal, para manter a senhora a par das novidades a sua família, como se ela estivesse fazendo uso de uma rede social ou fizesse uso frequente de um aplicativo de mensagens. Para isso, objetos que fazem parte do dia a dia da idosa foram adaptados. A caixa de correspondência, por exemplo, foi adaptada para receber um jornal impresso com as “notícias” das redes sociais de seu filho.

A evolução de seus netinhos, por exemplo, pode ser acompanhado através de um robô que marca o crescimento no tamanho dos pequenos em um móvel da casa, como os antigos costumavam fazer. Até seu VHS passou a ter integração com um sistema que ganhou o nome de “Cloud VHS”, em que a família pode enviar vídeos de seus smartphones a serem reproduzidos na TV da avó, como fossem gravados em fitas de vídeo.

Outros episódios do projeto serão depositados no site da empresa.

Confira a ação no video case abaixo:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s