10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

Balanço da Odebrecht em 2015 quase não refletiu efeitos da Lava Jato; empresa teve prejuízo de R$ 297,7 milhões, causado em grande parte pelo câmbio

São Paulo – Confira as principais novidades do mercado desta terça-feira (12):

Congresso quer R$ 2,4 bi para aprovar meta fiscal

O Congresso quer mais R$ 2,4 bilhões do governo em troca da aprovação da meta fiscal, que autoriza resultado negativo de R$ 139 bilhões em 2017.

Duas rubricas orçamentárias da LDO tiveram previsão de aumento: mais R$ 1,6 bilhão para emendas parlamentares impositivas (cujos recursos o governo não pode bloquear), e mais R$ 800 milhões para compensar os Estados pela desoneração do ICMS nas exportações.

Relator da LDO não descarta arrecadação com CPMF para 2017

O relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017 no Congresso, senador Wellington Fagundes (PR-MT), não descarta a possibilidade de recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

Fagundes manteve em seu parecer a CPMF como possível fonte de R$ 33,2 milhões para o ano que vem e classificou o tributo como uma “forma eficaz” de arrecadação.

A recriação da CPMF, no entanto, ainda não foi aprovada pelo Congresso Nacional, onde tramita em forma de proposta de emenda à Constituição.

Odebrecht cresce em 2015, mas com prejuízo

A Odebrecht registrou prejuízo de R$ 297,7 milhões em 2015, em grande parte devido ao efeito do dólar sobre as dívidas, praticamente sem refletir os efeitos da operação Lava Jato, segundo o Valor Econômico.

A receita líquida consolidada subiu de R$ 95 bilhões para R$ 124 bilhões. a dívida, por sua vez, passou e R$ 88 bilhões para R$ 110 bilhões.

Calote do governo na Caixa chega a R$ 1,2 bi no 1º semestre

A Caixa Econômica Federal terminou o primeiro semestre com um calote de R$ 1,2 bilhão do governo, seu único controlador. O atraso é diferente das “pedaladas”, que embasam pedido de impeachment, mas também foi condenado pelo TCU.

O valor se refere a tarifas bancárias que não foram pagas pela gestão de 12 programas sociais, entre eles Bolsa Família, Fies, seguro-desemprego e abono salarial.

IPO de Furnas pode render até R$ 10 bilhões

Uma oferta pública de ações de Furnas, subsidiária da Eletrobras, poderia render ao governo entre R$ 8 bilhões e R$ 10 bilhões, de acordo com o Valor Econômico.

A proposta de abertura de capital foi elaborada pela 3G Radar e enviada ao ministro de Minas e Energia, incluindo sugestões para melhorar a governança da empresa.

GM aposta na implantação gradual de veículos autônomos

A General Motors acredita que os veículos autônomos são um modo de transporte mais seguro, e que essa tecnologia deve chegar mais rapidamente do que a maioria das pessoas pensa, disse o presidente da empresa.

Dan Ammann disse que a estratégia da montadora em relação aos carros autônomos está associada à startup de serviço de transporte compartilhado.

Nippon e Ternium não se acertam sobre Usiminas, diz fonte

ma audiência de conciliação entre os grupos Nippon Steel e Ternium terminou sem acordo sobre o comando da Usiminas, maior produtora de aços planos do país em capacidade instalada.

A audiência havia sido convocada pela desembargadora Mariza de Melo Porto, da 11a Câmara Civil do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, e envolvia a rejeição pela Nippon Steel da eleição de Sergio Leite para a presidência-executiva da siderúrgica.

Segundo uma fonte com conhecimento do assunto, a reunião foi encerrada sem que a desembargadora optasse pela alternativa defendida pela Nippon Steel de nomeação pela Justiça de um presidente-executivo para a Usiminas.

Com excedente de 3,6 mil funcionários, Volks propõe acordo

Uma das montadoras que mais têm sofrido com a queda na venda de veículos no Brasil, a Volkswagen negocia com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC uma forma de aliviar os custos de um excedente de 3,6 mil trabalhadores da fábrica de São Bernardo do Campo, informou o sindicato.

Do total, são 2,5 mil funcionários da produção e 1,1 mil da área administrativa.

A fábrica tem 10,5 mil trabalhadores.

PointState Capital aumenta participação em ações ON da Oi

A PointState Capital passou a deter 34,5 milhões de ações da Oi, equivalentes a 5,16 por cento dos papéis ordinários em circulação, por meio da titularidade de 6,9 milhões de ADRs.

Bolsa do Japão sobe 2,46%; ação da Nintendo salta 13%

A Bolsa de Tóquio teve mais um pregão de fortes ganhos nesta terça-feira, em meio a esperanças de que o Japão tome ousadas medidas de estímulos após a coalizão governista do primeiro-ministro Shinzo Abe consolidar sua posição parlamentar na eleição do fim de semana.

Destaque para o salto de 13% das ações da Nintendo, que têm subido forte após o lançamento do Pokémon Go, jogo de realidade aumentada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s