10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

Chineses da State Grid planejam tirar CPFL da bolsa depois de adquirir o controle da empresa

São Paulo – Confira as principais novidades do mercados desta quarta-feira (17):

CPFL pode sair da Bolsa após acordo com empresa da China

Se a chinesa State Grid levar adiante seu plano de compra do controle da CPFL Energia, a empresa brasileira pode sair da bolsa, segundo fontes da Folha de S.Paulo.

A compra deve ser realizada sem obstáculos, já que os maiores controladores da CPFL são fundos de pensão que têm de cobrir rombos bilionários, e vêem na venda de ações uma oportunidade de lucro.

Lucro das empresas abertas recua 24% no 2º trimestre

As empresas de capital aberto do Brasil, com exceção da Eletrobras, tiveram lucro 24% menor, em média, no 2º trimestre, segundo levantamento da consultoria Economatica.

O lucro líquido consolidado dessas corporações foi de R$ 32,69 bilhões no segundo trimestre deste ano, contra R$ 43 bilhões em igual intervalo de 2015.

Banco vê ação da CSN a R$ 3

O BTG Pactual afirmou em relatório que a ação da CSN  pode chegar a R$ 3 em 12 meses, o que representaria um tombo de 72% em relação ao valor atual.

O banco defende que ainda há muito a ser feito para que a siderúrgica de Benjamin Steinbruch consiga reequilibrar as finanças. A venda de ativos, que poderia ajudar as contas da empresa, está demorando a ser realizada, segundo o BTG.

Cemig tem nova derrota na tentativa de manter Miranda

A Cemig deve mais uma derrota na tentativa de manter a concessão de hidrelétricas no patamar anterior ao da MP 579, de 2012, de acordo com o Valor Econômico.

Desta vez, a companhia pedia que a Aneel aceitasse a manutenção da usina de Miranda nos mesmos padrões de remuneração de antes de 2012.

A Aneel, no entanto, entendeu que, ao não aceitar os termos da renovação na época, a Cemig também perdeu o direito de manter a rentabilidade antiga.

Itaú diz que está pronto para abrir conta 100% digital

O Itaú Unibanco está em fase pré-operacional da abertura de contas 100% digital, de acordo com Marco Bonomi, diretor geral de varejo da instituição.

Com o lançamento do Abreconta, o Itaú deve ser o primeiro grande banco a seguir a resolução do Banco Central nº 4.480, que permite que o cliente abra uma conta no banco sem precisar comparecer à agência.

Gafisa contrata Rothschild para ajudar com cisão da Tenda

A construtora Gafisa anunciou que contratou o Rothschild como assessor financeiro para ajudá-la no processo de cisão de sua unidade Tenda, mais voltada a imóveis populares.

A cisão “pode envolver uma oferta de valores mobiliários e/ou a venda de participação societária, além da própria separação através de uma operação de reorganização societária”.

Debênture da Log-In pode dar controle a investidor

A Log-In, empresa de cabotagem que nasceu dentro da Vale, vai abrir a oportunidade de compra do seu controle acionário, hoje pulverizado, por R$ 45 milhões.

Segundo o Valor Econômico, o modelo que será apresentado dá vantagem aos atuais acionistas. Os grandes sócios da empresa poderão se unir em um bloco de controle com menos capital do que um eventual novo investidor.

Sabesp pede que Arsesp reconheça investimentos

A Sabesp pediu que a agência reguladora do setor, a Arsesp, reconheça a prudência dos investimentos emergenciais feitos durante a seca de 2014/2015, segundo o Valor Econômico.

O pedido está incluso nos documentos de revisão tarifária prevista para abril de 2017.

Credores discutem alívio da dívida da Oi, diz fonte

Bancos e detentores de títulos da Oi, que representam mais de metade dos R$ 65,4 bilhões da dívida, podem propor um prazo de carência de cinco anos e menores custos de financiamento para acelerar a recuperação judicial da empresa.

Uma fonte da Reuters, que pediu anonimato, disse que detentores de bônus assessorados pela Moelis e um grupo de bancos, incluindo Banco do Brasil e China Development Bank, estão discutindo alternativas.

PF investiga sede da JHSF por suspeita de corrupção no BNDES

A JHSF Participações informou, por meio de fato relevante, que a Polícia Federal esteve na sede da companhia na manhã de terça-feira (16) para cumprir mandado de busca e apreensão de documentos.

Dois executivos prestaram depoimento à Polícia Federal, e a companhia “prestou todo o apoio necessário ao fiel cumprimento do mandado”, segundo o comunicado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s