10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

Após operação da PF, investidores estão preocupados com a possibilidade de atraso na reestruturação da JBS

São Paulo – Confira as principais novidades do mercados desta quinta-feira (8)

Governo enviará proposta de reforma da Previdência neste mês

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, anunciou que o presidente Michel Temer decidiu, em reunião no Planalto, que vai mandar para o Congresso a reforma da Previdência antes da eleição.

Ele afirmou ainda que o governo vai “fazer todo o esforço” de aprovar o mais rápido possível a proposta, respeitando os prazos do Congresso.

Reestruturação da JBS preocupa investidores

Um possível atraso na reestruturação societária da JBS e a percepção de obstáculos no refinanciamento da dívida da empresa são as principais preocupações do mercado em relação à JBS.

A preocupação vem de uma operação da Polícia Federal que investiga a Eldorado Celulose, empresa controlada pela mesma holding da JBS, a J&F.

Fundos contestam Vale em NY e pedem US$ 1 bi por prejuízos

Os investidores que processam a Vale em uma ação coletiva em Nova York contestam em novo documento enviado ao tribunal da cidade a defesa apresentada pela mineradora sobre o acidente na barragem do Fundão, em Mariana, Minas Gerais, e voltam a acusar a empresa de responsabilidade pela “maior tragédia ambiental da história do Brasil”.

Os fundos alegam prejuízos de mais de US$ 1 bilhão e pedem que a Justiça dos Estados Unidos negue o pedido da Vale para encerrar a ação.

Novo plano da Eletrobras foca em privatizações

A Eletrobras deve divulgar um plano de negócios para os próximos cinco anos baseado em privatizações, venda de ativos, redução de custo e aumento de produtividade, segundo o Valor Econômico.

Um dos principais objetivos da empresa é reduzir o nível de endividamento, que hoje é de oito vezes a dívida líquida sobre o Ebitda.

EUA investigam vendas da Embraer para Índia e Arábia Saudita

O governo dos Estados Unidos investiga um suposto pagamento de propina pela Embraer para obter contratos na Índia e na Arábia Saudita, de acordo com a Folha de S.Paulo.

A empresa já é investigada desde 2010, quando um contrato com a República Dominicana levantou suspeitas.

Lupatech apresenta novo plano de recuperação judicial

A fabricante de equipamentos para a indústria de petróleo e gás Lupatech informou que apresentou novo plano de recuperação judicial.

O anúncio aconteceu pouco mais de dois meses após a justiça paulista aceitar recursos de credores e anular a homologação do plano de recuperação judicial da empresa.

Parceria com Apple faz ações da Nintendo subirem 15%

As ações da Nintendo chegaram a subir 15% no início dos negócios em Tóquio, depois que a empresa anunciou o lançamento de um jogo do Super Mario para dispositivos da Apple.

O “Super Mario Run” chegará à App Store antes do Natal deste ano a um preço fixo sem necessidade de compras internas no aplicativo.

Volkswagen estuda joint venture para carro elétrico na China

A Volkswagen está avaliando a possibilidade de criação de uma joint venture com uma companhia estatal chinesa para fabricar carros elétricos, num momento em que os fabricantes de automóveis buscam alternativas para cumprir a regulação chinesa cada vez mais rígida sobre emissões.

A fabricante alemã assinou um memorando de cooperação para uma potencial joint venture com a China Anhui Jianghuai Automobile Co.

Temer é vaiado na abertura da Paralimpíada

O presidente Michel Temer ficou o menos exposto possível na cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos do Rio no Maracanã, mas mesmo assim ouviu vaias e gritos de protesto da arquibancada ao anunciar oficialmente aberta a Paralimpíada de 2016.

A breve declaração de Temer foi feita sob vaias e não pôde ser ouvida por completo, e a imagem do presidente sequer apareceu nos telões do estádio.

Aliados abandonam Cunha em processo de cassação

Um grupo significativo de deputados do chamado “centrão” decidiu não apoiar Eduardo Cunha em seus esforços para evitar a cassação do mandato na votação prevista para segunda-feira (12), segundo a Folha de S.Paulo.

Junto com o PMDB, o “centrão” forma a base de sustentação de Cunha. Líderes de dez partidos políticos afirmaram ao jornal que suas bancadas vão votar em peso pela cassação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s