10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

Ex-presidente Lula condiciona sua posse de um ministério na equipe de Dilma à mudança de rota na política econômica

Confira as principais novidades do mercado nesta terça-feira (15)

Chances de Lula assumir ministério aumentam

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viaja nesta terça a Brasília para conversar com a presidente Dilma Rousseff e negociar sua nomeação para um ministério no atual governo, de acordo com uma fonte ouvida pela Reuters. A aposta é que ele iria para a Casa Civil, no lugar de Jaques Wagner, ou para a Secretaria de Governo, hoje comandada por Ricardo Berzoini.

Ex-presidente só aceita cargo com mudança de política econômica

Lula condiciona sua posse de um ministério na equipe de Dilma à mudança de rota na política econômica. Segundo a Folha de S. Paulo, a presidente está inclinada a aceitar o petista como ministro a qualquer preço. Ainda segundo o jornal, a chegada de Lula ao Planalto provocaria uma inflexão à esquerda, com uma reaproximação da base social do PT.

Barbosa apresenta hoje proposta de ajuda aos estados

O governo apresenta nesta terça-feira a proposta final para o projeto que vai permitir que os estados adiem o pagamento de suas dívidas por mais 20 anos. Em reunião com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, os governadores saberão o que o governo pedirá como contrapartida ao alívio fiscal.

Governo regulamenta “anistia” a crimes tributários

A lei que permite a regularização de dinheiro não declarado de brasileiros e empresas no exterior será publicada hoje no Diário Oficial da União. A medida que deve gerar R$ 21 bilhões aos cofres públicos é criticada por especialistas, que a consideram uma anistia à sonegação, à lavagem de dinheiro e ao contrabando.

Clientes já tiraram R$ 60 bi de fundos do BTG

Desde a prisão do banqueiro André Esteves, em novembro do ano passado, clientes do BTG já pediram para retirar cerca R$ 60 bilhões de fundos de investimentos da instituição. Segundo o Estado de S. Paulo, a sangria representa o mesmo valor dos fundos de gestoras como as dos bancos Safra e Votorantim.

Com dobro do preço, ampliação de fábrica da Petrobras para no meio

Sem previsão de término e com estouro de orçamento, o projeto de ampliação da fábrica de lubrificantes da Petrobras em Duque de Caxias é alvo de uma comissão interna de apuração. Segundo a Folha de S. Paulo, meta era de aumentar a capacidade da unidade em 70% até 2012. Hoje, equipamentos seguem encaixotados e a projeção de custo do projeto triplicou. 

Avon corta 2.500 empregos e se muda para o Reino Unido

A fabricante americana de cosméticos Avon anunciou um corte de de 2.500 postos de trabalho e a transferência de sua sede para o Reino Unido, após ter perdido grande parte de seu negócio na América do Norte. A reestruturação tem como objetivo economizar até 70 milhões de dólares em 2017, informou a empresa em comunicado. Segundo o jornal Valor Econômico, a empresa afirmou que vai manter os escritórios em Nova York e que continua listada na Bolsa americana.

Toshiba negocia venda de unidade de linha branca, diz jornal

O conglomerado industrial japonês Toshiba disse que está nos últimos estágios das negociações para vender sua unidade de linha branca para a gigante de eletrodomésticos chinesa Midea Group. O acordo deve alcançar dezenas de bilhões de ienes.

S&P piora avaliação de risco do sistema financeiro brasileiro

A agência de risco Standard & Poor’s cortou a avaliação de risco do sistema financeiro brasileiro, o que levou ao rebaixamento de sete bancos em escala global e outros 13 em escala nacional. Segundo o jornal Valor Econômico, entre os rebaixados globalmente estão Banco Daycoval, Paraná Banco, Banco Pine, Banco Pan e Indusval. Já em escala local, o Banco Votorantim está entre os que tiveram sua nota cortada.

GM propõe congelar salários para não demitir em São Caetano

A GM ofereceu uma proposta de congelamento de salários para não demitir funcionários da fábrica de São Caetano do Sul, no ABC paulista. Segundo o Valor Econômico, ao invés de reajustar os salários de acordo com a inflação em setembro, a empresa propõe apenas pagar um abono aos funcionários. O pagamento de participação nos lucros e resultados não seria afetado pela proposta.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s