10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

O Ministério Público Federal negou que haja qualquer acordo de delação premiada de executivos do grupo Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato

Confira as principais notícias desta quinta-feira (24):

Lava Jato nega que Odebrecht esteja negociando delação

O Ministério Público Federal negou que haja qualquer acordo de delação premiada de executivos do grupo Odebrecht no âmbito da operação Lava Jato. A empresa havia divulgado um texto na véspera dizendo que havia decidido colaborar com as investigações, e a nota do MPF foi uma resposta a ele. Segundo a nota, a iniciativa de negociação nunca existiu, e divulgar esta intenção para a imprensa fere o sigilo exigido pela Justiça.

Governo propõe ao Congresso déficit fiscal de R$ 96,6 bi

Após a divulgação de que a nova meta fiscal do governo central é de R$ 2,8 bilhões, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou que, se todo o espaço fiscal for utilizado, o déficit primário do governo central pode chegar a R$ 96,650 bilhões. Para isso, o Congresso tem de aprovar um aumento no espaço fiscal, que passaria a R$ 120,65 bilhões segundo o novo projeto.

Sócios avaliam divisão da Usiminas

Após dois anos de discussões sobre o futuro da siderúrgica, os controladores da Usiminas entraram novamente em conversas sobre a divisão da companhia. Segundo o Estado de S. Paulo, caso ocorra a cisão, a unidade de Ipatinga ficaria com o grupo japonês Nippon Steel e Cubatão iria às mãos da ítalo-argentina Ternium.

Vale propõe nova política de remuneração a acionistas

A Vale realizará assembleia de acionistas em 25 de abril, que vai deliberar sobre alterações na política de remuneração a acionistas da mineradora. No documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa propõe que a remuneração ao acionista ficará a critério do Conselho de Administração. “O principal objetivo da mudança é manter a remuneração ao acionista de forma mais alinhada à geração de caixa da Vale”, afirmou a empresa.

Randon suspende nova fábrica em Guarulhos

Após uma queda de produção em 2015 e com fracas projeções para este ano, o grupo Randon decidiu encerrar a produção de semirreboques rodoviários em Guarulhos, segundo o Valor Econômico. No fim do ano passado, a empresa interrompeu também a construção de sua unidade em Araraquara.

Bayer fatura mais de R$ 10 bi no Brasil

A gigante farmacêutica Bayer faturou R$ 10 bilhões no Brasil em 2015. Apesar do resultado recorde, a desvalorização do real frente ao euro impediu que a companhia atingisse sua meta de crescimento em euros, de 8%. Em entrevista ao Valor Econômico, o presidente do grupo no país, Theo van der Leo, afirmou que o grupo aguarda o reajuste de preços de medicamentos pelo governo.

Forte na América Latina, dona da Brastemp encolhe no país

Enquanto amplia sua capacidade de produção na Argentina e na Colômbia, a fabricante de eletrodomésticos Whirpool prevê uma retração de 10% este ano no Brasil. A dona de marcas como Brastemp, Consul e Kitchen vê o setor encolher. Segundo a Eletros, as vendas de televisores no país caíram 45% e as de eletroportáteis 50% em janeiro deste ano.

Cyrela tem lucro de R$ 98 milhões no 4º trimestre

A incorporadora imobiliária Cyrela Brazil Realty obteve lucro líquido de R$ 98 milhões no quarto trimestre de 2015, retração de 34,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado de 2015, o lucro líquido somou R$ 448 milhões, queda de 32,3% ante 2014.

Triunfo sai de prejuízo com lucro de R$ 88 milhões

A Triunfo Participações e Investimentos registrou lucro líquido de R$ 88,986 milhões no quarto trimestre de 2015, revertendo parte do prejuízo de R$ 566,792 milhões de igual intervalo de 2014. No acumulado do ano passado, a empresa obteve lucro de R$ 97,005 milhões. Em 2014, a companhia tinha fechado o ano com prejuízo de R$ 430,184 milhões.

Contax passa de lucro a prejuízo de R$ 138,1 milhões

A companhia de atendimento e contact center registrou prejuízo líquido de R$ 138,1 milhões no quarto trimestre de 2015. No mesmo período de 2014, a empresa tinha lucrado R$ 49,8 milhões. Com o resultado, a dívida líquida da Contax atingiu R$ 1,041 milhões.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s