Bolsa opera em alta, de olho na política nacional

O Ibovespa operava no azul, com investidores avaliando o cenário político local após as eleições municipais

São Paulo – A bolsa paulista iniciou a semana com seu principal índice operando no azul, ajudada pelos ganhos da Petrobras e com investidores avaliando o cenário político local após as eleições municipais de domingo.

Às 10:46, o Ibovespa subia 0,23 por cento, a 58.501 pontos. O giro financeiro era de 437 milhões de reais.

O pregão local oscilava na contramão de Wall Street, onde índice S&P 500 recuava 0,46 por cento com investidores aguardando dados econômicos em busca de novas pistas sobre a saúde da economia norte-americana.

Da cena doméstica, o fortalecimento de partidos aliados ao governo do presidente Michel Temer nas eleições municipais também estava no radar.

Entre os destaques, o PSDB conseguiu com o candidato João Doria uma inédita eleição em primeiro turno em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, ao mesmo tempo em que o PT viu confirmados os piores prognósticos, amargando um resultado desastroso nas capitais do país.

“Eleições municipais trazem PSDB fortalecido e PT despencando para décimo no ranking de prefeituras, com destaque para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, saindo fortalecido para a disputa de 2018, com as vitórias de Doria em primeiro turno na capital, e diversas outras prefeituras importantes no estado”, escreveram analistas da XP Investimentos em nota a clientes.

Destaques

– PETROBRAS PN subia 1,25 por cento e PETROBRAS ON ganhava 1,12 por cento, com preços do petróleo ao redor da estabilidade. O começo da semana também trouxe dados da ANP mostrando que a produção de petróleo e gás do Brasil bateu recorde pelo terceiro mês seguido em agosto.

– BRASKEM avançava 1,39 por cento, entre as maiores altas do Ibovespa. A empresa informou nesta manhã que iniciou diálogo com autoridades dos Estados Unidos acerca das denúncias de irregularidades surgidas no âmbito da operação Lava Jato e que aguarda que as mesmas resultem em negociações formais de acordo.

– CSN subia 2,31 por cento. O jornal Valor Econômico noticiou que a empresa congelou neste ano a venda de uma fatia do terminal de contêineres Sepetiba Tecon, sendo que o acordo deve ser fechado apenas em 2017.

– COSAN valorizava-se em 0,93 por cento. A empresa anunciou na sexta-feira acertou a venda à Mansilla Participações de uma fatia que detém na Radar Propriedades Agrícolas por 1,065 bilhão de reais.

– BM&FBOVESPA subia 1,07 por cento. O UBS elevou a recomendação da ação para “neutra”, ante “venda” e o preço alvo subiu a 19 reais, ante 16,50 reais.

– JHSF Participações, que não está no Ibovespa, ganhava mais de 3 por cento. A empresa celebrou contrato para a venda de sua participação no shopping paulistano Metrô Tucuruvi ao grupo Hemisfério Sul Investimentos.

*Atualizada às 11h09

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s