Bolsas asiáticas fecham em clima negativo

A principal bolsa chinesa, a de Xangai, teve baixa moderada de 0,2%, a 3.160,17 pontos

São Paulo – As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira, em meio à continuidade das preocupações com a desaceleração da China e seus efeitos na economia mundial e após a forte queda dos mercados acionários de Nova York ontem.

A principal bolsa chinesa, a de Xangai, teve baixa moderada de 0,2%, a 3.160,17 pontos. Há indícios, porém, de que Pequim interveio nos negócios da tarde (pelo horário local), uma vez que o índice Xangai Composto chegou a recuar 4,7% na abertura.

O Shenzhen Composto, de menor abrangência, caiu 1,98% hoje, encerrando o pregão a 1.750,57 pontos.

Os sinais da mão pesada do governo chinês vieram no fim do dia. O ICBC, maior banco da China, atingiu limite de valorização na última meia hora da sessão, depois de operar no vermelho a maior parte da manhã. Já o Bank of China teve uma suspeita alta de 4,7%, enquanto o Bank of Communications avançou 3%.

Os mercados chineses não vão operar amanhã e sexta-feira, em meio às comemorações pelo 70º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial.

O clima na Ásia, porém, continua sendo negativo após os indicadores mais recentes de atividade manufatureira da China comprovarem que a segunda maior economia do mundo está, de fato, em desaceleração.

No mês passado, o PMI oficial da indústria chinesa ficou abaixo da barreira de 50,0 que indica contração, atingindo o menor patamar desde agosto de 2012.

Além disso, o apetite por risco foi limitado por um novo tombo das bolsas norte-americanas, que ontem fecharam com perdas de quase 3% em Wall Street, diante da turbulência global causada pela China.

Em Tóquio, o Nikkei registrou queda de 0,39%, a 18.095,40 pontos, enquanto o índice Hang Seng, de Hong Kong, recuava 1,18% um pouco antes do fechamento. Por outro lado, o mercado taiwanês subiu 0,2%, com o Taiex a 8.035,29 pontos, enquanto o índice sul-coreano Kospi mostrou alta marginal de 0,05% em Seul, a 1.915,22 pontos.

Na Oceania, o dia também foi de recuperação discreta da bolsa australiana, após uma sessão volátil. Depois de cair nos dois pregões anteriores, o S&P/ASX 200, índice que reúne as empresas mais negociadas em Sydney, teve leve alta de 0,1%, a 5.101,50 pontos.

O fechamento positivo veio apesar da decepção com o Produto Interno Bruto (PIB) da Austrália, que cresceu 2,0% na comparação anual do segundo trimestre, no ritmo mais fraco em quatro anos e abaixo da expectativa dos analistas, que previam aumento de 2,2%. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s