Bovespa avança com ajuda de Vale e balanços corporativos

Wall Street favorecia o tom positivo no pregão local, com o S&P 500 ganhando 0,09 por cento, tendo também no radar balanços de empresas

São Paulo – O principal índice da Bovespa avançava nesta terça-feira, guiado pelas ações da Vale após alta do preço do minério de ferro, com resultados corporativos também sob os holofotes, entre eles TIM Participações.

Às 11:35, o Ibovespa subia 0,69 por cento, a 57.263,99 pontos. O volume financeiro somava 1,65 bilhão de reais.

Wall Street favorecia o tom positivo no pregão local, com o S&P 500 ganhando 0,09 por cento, tendo também no radar balanços de empresas, enquanto investidores aguardam decisão do Federal Reserve nesta semana.

Destaques

– VALE tinhas as preferenciais em alta de 3,2 por cento e as ordinárias avançando 3,8 por cento, apoiadas na alta de quase 3 por cento no preço do minério de ferro à vista na China <.IO62-CNI=SI>, que também deu suporte a papéis de mineradoras em outras praças acionárias.

– PETROBRAS mostrava as preferenciais com variação negativa de 0,2 por cento e as ordinárias em oscilação positiva de 0,07 por cento, diante da fraqueza dos preços do petróleo , enquanto investidores monitoram o destino da sua subsidiária de combustíveis da estatal. A diretoria executiva da Petrobras enviou ao Conselho de Administração uma proposta para a implantação de planos de demissão voluntária na Petrobras Distribuidora e em outras unidades da empresa que estão no processo de desinvestimentos.

– TIM PARTICIPAÇÕES reverteu a fraqueza da abertura e subia 3,8 por cento, após divulgar balanço trimestral e anunciar corte em plano de investimentos. A melhora ocorreu durante teleconferência da operadora sobre o resultado, na qual o presidente da empresa disse que espera ganhos de eficiência com novo plano para o Brasil. Analistas do Credit Suisse avaliaram que a empresa apresentou resultado ligeiramente positivo.

– TELEFÔNICA BRASIL operava com oscilação negativa de 0,02 por cento, antes da divulgação do balanço trimestral prevista para após o fechamento do mercado.

– LOJAS RENNER avançava 1,3 por cento, desacelerando os ganhos do começo do pregão, após resultado do segundo trimestre considerado forte por agentes financeiros, com a equipe da corretora do Santander Brasil destacando como impressionante o crescimento anual de 1,9 ponto percentual na margem bruta.

– KLABIN cedia 0,12 por cento após divulgar lucro líquido de 1,27 bilhão de reais para o segundo trimestre ante resultado positivo de 296 milhões obtido no mesmo período do ano passado. Analistas do BTG Pactual e do Itaú BBA avaliaram que os dados ficaram de modo geral linha com as expectativas.

– ENERGIAS DO BRASIL tinha acréscimo de 1,6 por cento, apesar do tombo no lucro do segundo trimestre, para 97,8 milhões de reais.

– GOL, que não está no Ibovespa, recuava 4 por cento, após veto do presidente interino, Michel Temer, ao fim de limite à participação de investidores estrangeiros em companhias aéreas brasileiras.

Texto atualizado às 11h46

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s