Petrobras ON avança mais de 4% e guia melhora da Bovespa

Às 11:19, o Ibovespa subia 0,31 por cento, a 57.841 pontos. O volume financeiro era de 1,4 bilhão de reais

São Paulo – A Bovespa passava ao território positivo nesta segunda-feira, após uma abertura mais fraca, apoiada particularmente no avanço de Petrobras, na esteira da alta do petróleo e melhoras de recomendações para as ações da estatal.

Às 11:19, o Ibovespa subia 0,31 por cento, a 57.841 pontos. O volume financeiro era de 1,4 bilhão de reais.

Mais cedo, o Ibovespa cedeu 0,27 por cento, conforme agentes financeiros ainda digeriam com certo desconforto o noticiário do fim de semana, particularmente detalhes da delação de executivos da Odebrecht no âmbito da operação Lava Jato.

O cenário político e a temporada de resultados seguem sob monitoramento, com a semana reservando os balanços de Petrobras , Banco do Brasil, Gerdau, JBS , entre outras companhias.

O quadro externo favorável com alta de preços de commodities , contudo, passava a prevalecer, embora Wall Street tivesse seus principais índices ao redor da estabilidade.

Destaques

– PETROBRAS tinha as preferenciais em alta de 2,32 por cento e as ordinárias subindo 4,6 por cento, alinhadas ao avanço dos preços do petróleo .

Bradesco BBI e Santander também melhoraram suas recomendação para os papéis da empresa.

– VALE mostrava as preferenciais com elevação de 1,34 por cento e as ordinárias ganhando 1,63 por cento, na esteira de nova alta dos preços do minério de ferro à vista na China <.IO62-CNI=SI>. No radar também estava o avanço das importações de minério de ferro da China em julho.

– JBS subia 2,36 por cento, após a companhia divulgar que fez pedido de registro de companhia aberta para unidade internacional nos Estados Unidos, continuando processo de reorganização global de suas operações. Também no radar estava o resultado da Tyson Foods.

– CEMIG avançava 1,5 por cento. O presidente da estatal mineira disse em entrevista ao jornal Valor Econômico que a empresa avalia vender diversos ativos como parte de um plano para reduzir dívidas, e já há conversas com potenciais compradores.

– BB SEGURIDADE perdia 0,96 por cento, apesar da repercussão positiva ao resultado do segundo trimestre, conforme a empresa que reúne participações em seguros e previdência do Banco do Brasil reduziu a projeção de crescimento do lucro líquido ajustado para este ano.

– ECORODOVIAS perdia 2,82 por cento, após três altas seguidas, tendo como pano de fundo a elevação das taxas futuras de juros longas e expectativa para o balanço do segundo trimestre nesta semana.

– BM&FBOVESPA caía 1,41 por cento e pesava na ponta negativa, após forte alta nos últimos dois pregões, com resultado trimestral previsto para a quinta-feira, após o fechamento do mercado.

Texto atualizado às 11h57

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s