Bovespa tem alta, após Petrobras anunciar venda da Gaspetro

Às 10h40, o Ibovespa subia 0,46% aos 47.815,78 pontos. A ON da Petrobras avançava 1,14%

São Paulo – As ações do Ibovespa são negociadas em leve alta nesta segunda-feira, 26. O indicador contradiz as bolsas na Europa e os futuros de NY, que caem numa sessão de realização.

A bolsa brasileira sinaliza uma tentativa de recuperação da queda de 0,37%, aos 47.598,58 pontos, na sexta-feira. Pressionam o indicador para cima as ações da Petrobras, que anunciou a venda de participação na Gaspetro para a Mitsui.

Às 10h40, o Ibovespa subia 0,46% aos 47.815,78 pontos. A ON da Petrobras avançava 1,14%.

O conselho de administração da Petrobras aprovou a divisão da Gaspetro, sua subsidiária de gás natural, em duas empresas. A Gaspetro ficará com os ativos de distribuição de gás natural. Para cuidar dos demais ativos, foi criada uma nova subsidiária, a Petrobras Logística de Gás. Com a cisão, a Gaspetro se torna uma holding de distribuição de gás natural.

Com a reorganização, o conselho aprovou a venda de 49% da Gaspetro para a japonesa Mitsui por R$ 1,9 bilhão. A negociação entre as duas companhias foi antecipada pelo Broadcast (serviço de notícias em tempo real da Agência Estado) em 15 de junho.

Entre as maiores altas do Ibovespa, estão as ações da Telefônica Vivo, que acompanham as pares do setor, com ganhos de 2,88%. Além do noticiário sobre consolidação, que permeia o setor hoje, favorece a alta das ações da empresa um relatório favorável do Bradesco BBI. O banco reiterou recomendação “outperform” para as ações, diante da avaliação de que os papéis estão sendo negociados com valuation atrativo

Sobre a economia brasileira, as previsões não são tão positivas. Nesta segunda-feira pela manhã, o Relatório de Mercado Focus trouxe mais revisões para o Produto Interno Bruto (PIB) deste e, principalmente, do próximo ano.

De acordo com o documento divulgado pelo Banco Central, a perspectiva de retração este ano passou de 3,00% para 3,02% – um mês antes estava em queda de 2,80%. Para 2016, a mediana das previsões saiu de -1,22% para -1,43%. Quatro semanas atrás estava negativa em 1,00%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s