Dólar oscila ante real à espera de Janet Yellen

O dólar sobe levemente ante o iene, o euro e a maioria das moedas ligadas a commodities e emergentes

São Paulo – O mercado de câmbio abriu nesta quarta-feira, 4, com o dólar em alta, mas em seguida a moeda perdeu força e caiu, indicando volatilidade para a sessão. Os investidores observam a continuidade do viés de alta moderado da moeda americana no exterior.

O dólar sobe levemente ante o iene, o euro e a maioria das moedas ligadas a commodities e emergentes.

O clima é de cautela diante da espera por vários dados americanos e discursos de autoridades do Fed, principalmente os números da ADP sobre a criação de vagas no setor privado dos Estados Unidos (11h15) e o discurso da presidente do Fed, Janet Yellen (13h).

Há expectativas de que Janet Yellen poderá reforçar em seu discurso que os juros nos EUA podem começar a subir em dezembro, conforme indicou o comunicado da reunião do Fed da semana passada.

Já os resultados da ADP antecedem o aguardado relatório oficial de emprego, incluindo o setor público, que o Departamento do Trabalho publica na sexta-feira e poderá deixar mais claro o momento mais provável do início da alta de juros nos país.

Na China, hoje, o índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do país ficou acima do esperado, em 52,0 em outubro, ante 50,5 em setembro – o menor patamar em 14 meses, segundo a Caixin Media/Markit Economics.

Já na Europa, o euro recua após o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, defender mais medidas acomodatícias. Esses fatores também contribuem para a valorização da moeda norte-americana, segundo operadores.

Internamente, as atenções também estarão voltadas para a pauta do Congresso. A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara retoma a votação da admissibilidade da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU).

E o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, entrega a defesa da presidente Dilma Rousseff das contas do governo de 2014 ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), às 11h. Mais tarde, às 12h30, o BC informa o fluxo cambial semanal.

No mercado de câmbio, às 9h35, o dólar à vista recuava 0,20%, a R$ 3,7648, após oscilar de R$ 3,7576 (-0,39%) a R$ 3,7778 (+0,14%).

O dólar para dezembro de 2015 recuava 0,13%, a R$ 3,7960. Esse contrato já oscilou de R$ 3,8270 (-0,65%) a R$ 3,8810 (+0,75%).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s