DPVAT mais barato; MMX dispara 33%…

Bolsa sobe

Em uma sessão de baixo volume financeiro, o Ibovespa subiu 0,11%. Entre os papéis mais negociados, as ações da empresa de pagamentos Cielo subiram 3,35%. As ações preferenciais da Petrobras, que passaram grande parte do dia em baixa terminaram praticamente estáveis, com baixa de 0,07%, após a companhia convocar uma coletiva de imprensa para às 19h. Do lado negativo, as ações da companhia de energia Cemig caíram 2,02% após rumores de que Bernardo Salomão, ex-diretor da própria Cemig entre 2007 e 2010 (no governo Aécio Neves), será nomeado como o novo presidente da companhia.     

__  

MMX dispara

As ações da holding de mineração de Eike Batista, a MMX Mineração, dispararam 33,2%. A alta aconteceu após a notícia de que a Justiça do Estado do Rio de Janeiro deferir o pedido de recuperação da empresa e de sua controlada MMX Corumbá. A mineradora havia pedido recuperação judicial em caráter de urgência no fim de novembro, citando a conjuntura adversa do país e declínio dos preços do minério de ferro.

__

DPVAT mais barato

O valor do seguro DPVAT de 2017 será reduzido em 37% para todos os veículos. A queda dos valores ocorre depois que o Tribunal de Contas da União apontou que os recursos arrecadados estavam pagando despesas suspeitas e a administração tinha baixa eficiência, fazendo o custo ficar mais caro do que deveria. Em 2015, o DPVAT arrecadou 8,6 bilhões de reais.  

__

Ou juros ou pagamentos

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quarta-feira que o governo não recuou em relação a mudanças no sistema de pagamento de cartões de crédito. Segundo o ministro, a diminuição de 30 para dois dias no prazo em que as administradoras de cartões de crédito repassam o valor das compras aos lojistas depende apenas de resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) para ser fixada. Apesar disso, segundo Meirelles, o governo espera que os bancos baixem voluntariamente os juros nos próximos 30 dias. Se isso não acontecer, aí sim o CMN diminuirá o prazo do pagamento aos lojistas na reunião de janeiro. “Na reunião de hoje [do CMN], esse tema não será discutido. Se os bancos não começarem a baixar voluntariamente os juros, o CMN toma a decisão na reunião de janeiro”, disse.

__

Inflação cai

A prévia da inflação oficial de dezembro, IPCA-15, subiu 0,19% em dezembro, ante o avanço de 0,26% no mês anterior. Foi o menor patamar para o mês de dezembro desde 1998. No mesmo mês de 2015, a taxa tinha sido de 1,18%. O IPCA-15 de 2016 encerrou em 6,58% – nível mais baixo desde 2014 (6,46%). O resultado de dezembro veio abaixo da expectativa de analistas, que era de avanço de 0,29%. A principal influência para a queda em dezembro veio de energia elétrica, que recuou 1,93%.

__

Dívida perto do piso

A dívida pública federal cresceu 1,97% em novembro e chegou aos 3,093 trilhões de reais, se aproximando do piso previsto para o ano. Em outubro, o Tesouro reafirmou o intervalo de 3,1 trilhões a 3,3 trilhões de reais para a dívida total ao fim de 2016. O avanço em novembro foi puxado principalmente pelo crescimento de 1,79% da dívida pública mobiliária interna.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s