Ibovespa sobe no embalo do exterior em pregão

Às 11h02, o Ibovespa tinha oscilação positiva de 0,94%, a 49.105 pontos, em dia de vencimento de opções sobre o índice

São Paulo – A Bovespa adotava tom positivo na manhã desta quarta-feira, com alguma recuperação nos mercados acionários do exterior enquanto as atenções se voltavam para a reunião de política monetária do Federal Reserve, assim como pronunciamento da chair Janet Yellen mais tarde na sessão.

Às 11h02, o Ibovespa tinha oscilação positiva de 0,94%, a 49.105 pontos, em dia de vencimento de opções sobre o índice, que costuma trazer mais volatilidade à sessão. O giro financeiro era de 919 milhões de reais.

Os mercados internacionais mostravam mais apetite por risco depois de repetidas sessões de queda, apesar da manutenção da cautela sobre a possibilidade de saída da Grã-Bretanha da União Europeia.

Diante desse cenário incerto, a expectativa do mercado é de que o Fed deixará inalterada a taxa de juros nesta quarta-feira, permanecendo na faixa atual entre 0,25 e 0,5%, de acordo com pesquisa da Reuters junto a 151 economistas.

“O estresse continua entre os investidores no mercado internacional, mas o quadro de hoje é de recuperação nos mercados de risco”, disse o economista-chefe da Modalmais, Álvaro Bandeira, em nota.

De acordo com Bandeira, o dia será de disputas entre comprados e vendidos na Bovespa, depois de a participação dos estrangeiros ter caído na posição comprada de índice.

Destaques

USIMINAS PNA ganhava 9,6%, depois de informar que conseguiu acordo com bancos brasileiros, BNDES e debenturistas em que obteve prazo de 10 anos, com 3 anos de carência, para dívidas que representam 75% do total em renegociação. Outros papéis do setor siderúrgico também eram destaque, com CSN em alta de 4,8%.

GERDAU avançava 3,5%, no embalo do setor de siderurgia. O Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) discute nesta quarta-feira questões tributárias envolvendo a Gerdau, citada na operação Zelotes.

VALE PNA subia 3%, alinhada com o bom desempenho de mineradoras no exterior, como Anglo American , a medida que os preços do cobre avançavam.

KROTON recuava 1,8% e ESTÁCIO subia 0,9%, em meio a notícia do O Globo afirmando que a OAB entrou com representação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para impedir que a Kroton compre a Estácio.

SMILES e MULTIPLUS, esta última fora do Ibovespa, caíam cerca de 1%, após anúncio de uma empresa de programas de fidelidade rival, a Livelo, pelo Banco do Brasil e pelo Bradesco, com valor de mercado estimado similar ao das concorrentes e 10 milhões de clientes na base.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s