Moody’s corta rating da Samarco após acidente com barragens

A Moody's rebaixou o rating da Samarco para Ba1 e, além disso, colocou o rating em revisão para novo rebaixamento

São Paulo – A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou o rating da Samarco de Baa3 para Ba1. Além disso, a Moody’s colocou o rating em revisão para novo rebaixamento.

De acordo com a agência, o rebaixamento para Ba1 ocorreu devido ao acidente com as barragens da Samarco próximo da área de mineração, no Estado de Minas Gerais.

A extensão do estrago ainda é incerta e o incidente terá um impacto material nas operações da companhia.

“É difícil medir o impacto civil e ambiental em potencial que a companhia pode enfrentar, e como sua reputação pode ser afetada”, divulgou a Moody’s.

Os ratings da Samarco permanecem em revisão para um possível novo rebaixamento, refletindo as contínuas preocupações da Moody’s sobre a perda de produção durante o período em que as operações estarão suspensas, os custos que estarão envolvidos e as potenciais pressões de liquidez que podem surgir como consequência do desastre.

“Dependendo da extensão do prejuízo para as operações e para a capacidade da empresa de gerar fluxos de caixa, um rebaixamento de mais de uma nota pode ocorrer”, informou a agência.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s