MRV decepciona; Desemprego sobe…

Cautela na bolsa

O Ibovespa teve leve queda de 015% nesta quarta-feira. Na visão de analistas, investidores seguem cautelosos à espera dos desdobramentos políticos. Entre os destaques de alta, as ações ordinárias da mineradora Vale subiram 6,3% e as preferenciais subiram 4,7%. Hoje, as cotações do minério de ferro na China atingiram o maior nível em quase um ano. O minério subiu 4%, para 64 dólares a tonelada.

_

MRV decepciona

As ações da construtora MRV caíram 5,7% nesta quarta-feira. A queda acontece após a companhia divulgar dados preliminares sobre o primeiro trimestre deste ano. O volume de lançamentos da companhia foi de 973 milhões de reais no período, valor que representa uma queda de 40% em comparação com o 1,6 bilhão de reais em lançamentos do quarto trimestre de 2015.

_

Aumento na Usiminas

As ações da siderúrgica Usiminas subiram 9,6% nesta quarta-feira. Ontem, as ações subiram 10% após declarações de que as empresas do setor vão anunciar reajustes nos preços em maio. Hoje, o jornal Valor Econômico disse que a Usiminas negocia com clientes para aplicar um aumento de até 14% nos preços.

_

Desemprego de dois dígitos

A taxa de desemprego no país chegou ao patamar de dois dígitos pela primeira vez desde o início do levantamento realizado pelo IBGE, em 2012. A taxa de desemprego foi de 10,2% no trimestre encerrado em fevereiro deste ano, quando o país tinha 10,37 milhões de pessoas procurando emprego sem encontrar. Dos setores da economia, a indústria foi a que mais demitiu de dezembro a fevereiro. Foram 740.000 empregos cortados de setembro a novembro de 2015, ou 5,9% dos funcionários que estavam trabalhando.

_

Gasto com viagens cai

Os gastos dos brasileiros em viagens internacionais caíram 43% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2015. De acordo com o Banco Central foram gastos 2,97 bilhões de dólares, o menor valor para um primeiro trimestre desde 2009. O encarecimento das viagens por causa da desvalorização do real e a queda na renda dos brasileiros são os principais fatores que influenciaram o resultado.

_

IPCA sobe

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), prévia da inflação oficial do país, teve alta de 0,51% em abril, ante alta de 0,43% em março. No acumulado de 12 meses até abril, o IPCA-15 avançou 9,34%, bem acima do teto da meta do governo — de 4,5%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s