Petróleo opera em baixa antes de pesquisa do DoE

Às 8h04 (de Brasília), o Brent para dezembro recuava 0,62%, a US$ 48,41 por barril, na plataforma eletrônica ICE, enquanto na Nymex

Londres – Os futuros de petróleo operam em baixa nesta manhã, com os investidores à espera de novos dados sobre os estoques dos EUA e acompanhando uma reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) com grandes produtores que não pertencem ao grupo.

Ontem, o American Petroleum Institute (API, uma associação de refinarias) estimou que o volume de petróleo bruto estocado nos EUA aumentou 7,05 milhões de barris na semana passada.

Mais tarde, às 12h30 (de Brasília), será divulgada a pesquisa oficial sobre estoques dos EUA, do Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) norte-americano.

Analistas consultados pelo Wall Street Journal preveem que houve acréscimo de 3,5 milhões de barris nos estoques na semana passada. A última sondagem do DoE mostrou um salto de 7,6 milhões de barris nos estoques da semana anterior.

“Um aumento maior do que o esperado nos estoques pode gerar um significativo risco de baixa para as atuais previsões de preços do petróleo”, comentou o chefe de estratégia para commodities do Saxo Bank, Ole Hanson.

Enquanto isso, não há expectativa de eventuais cortes de produção numa reunião que a Opep promove hoje em Viena com países que não integram o cartel, como Rússia e México.

Recentemente, o petróleo chegou a operar acima de US$ 50 por barril, após uma série de executivos da indústria petrolífera e autoridades da Opep sugerirem uma iminente recuperação dos preços.

No entanto, dados que indicam produção elevada, inclusive da Opep, e expectativas de que o Irã amplie suas exportações após a suspensão de sanções internacionais, prejudicaram o sentimento nos mercados da commodity.

A Opep e os demais participantes do encontro de hoje disseram que vão discutir formas de sustentar os preços, inclusive cortes de produção, mas não há previsão de qualquer decisão significativa. Nos últimos meses, a Arábia Saudita e outros membros da Opep vêm elevando a produção para garantir sua participação de mercado.

Às 8h04 (de Brasília), o Brent para dezembro recuava 0,62%, a US$ 48,41 por barril, na plataforma eletrônica ICE, enquanto na Nymex, o petróleo com vencimento para o mesmo mês tinha queda de 1,38%, a US$ 45,65 por barril. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s