Petróleo sobe pela 1ª vez em 8 dias com dados da China

As importações de petróleo da China subiram para um recorde de 7,82 milhões de barris em dezembro

Tóquio – Os contratos futuros do petróleo subiam nesta quarta-feira pela primeira vez em oito dias, com a commodity nos Estados Unidos puxando a cotação do patamar de 30 dólares por barril rompido na sessão anterior, impactados por dados chineses que mostraram importações recordes em dezembro.

As importações de petróleo da China subiram para um recorde de 7,82 milhões de barris em dezembro, alta de 21 por cento ante novembro, mostraram dados oficiais nesta quarta-feira.

O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,7 dólar, ou 2,3 por cento, a 31,14 dólares por barril. Na terça-feira, a cotação caiu 0,97 dólar para fechar a 30,44 dólares por barril, depois de tocar mínima de 29,93 dólares pela vez desde dezembro de 2003.

O petróleo Brent subia 0,77 dólar, ou 2,5 por cento, a 31,63 dólares por barril, às 8h15 (horário de Brasília). Na terça, o contrato caiu 0,69 dólar para 30,86 dólares por barril, após tocar mínima de 30,34.

“Trinta dólares pode ser um suporte intermediário, mas eu honestamente não posso dizer se este é o fundo”, disse Avtar Sandu, gerente-sênior de commodities em Phillip Futures, em Cingapura.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s