Usiminas dispara 10% na Bolsa com renegociação de dívida

Além disso, uma reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, afirma que a companhia vai demitir mais de 500 empregados

São Paulo – As ações preferenciais da Usiminas registravam ganhos de 10% na abertura do pregão desta quarta-feira.

O mercado repercute o fato publicado pela companhia que informa sobre um acordo com bancos brasileiros, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e debenturistas para ter um prazo de dez anos, com três anos de carência, para dívidas que representam 75% do total em renegociação.

A aceitação dos credores, que incluem Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco, está condicionada à confirmação do aumento de capital de 1 bilhão de reais da empresa.

Demissão

Além disso, uma reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, afirma que a companhia vai demitir mais de 500 empregados em Cubatão (SP) até dia 15 de julho.

Segundo o jornal, esta informação foi confirmada pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Baixada Santista.

Desde janeiro, os papéis preferencias da companhia acumulam alta de 16%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s