50% das reservas de peixes sofrem com exploração excessiva

Outro dado de destaque da Unesco em seu comunicado é que 60% dos recifes de coral do mundo estão ameaçados por atividades locais

Paris – Cerca de 50% das reservas de peixes nos grandes ecossistemas marítimos sofrem um excesso de exploração, advertiu nesta quarta-feira a Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco, que fala de “números alarmantes” em sua avaliação mundial.

Nas águas da Sibéria oriental, que estão em risco elevado, calcula-se que o potencial de captura de peixe vai sofrer um retrocesso de 28%.

Outro dado de destaque da Unesco em seu comunicado é que 60% dos recifes de coral do mundo estão ameaçados por atividades locais e que 90% poderiam estar ameaçados em 2030 pelo efeito combinado dessas atividades e do aquecimento global.

Com relação ao tema, a Unesco aponta que 64 dos 66 grandes ecossistemas marítimos que existem no mundo experimentam esse aquecimento global, que é “ultra rápido” no noroeste e no nordeste do Atlântico, assim como no oeste do Pacífico.

Os resultados de avaliação no oceano e nos grandes ecossistemas marítimos põem em evidência “o risco de um agravamento desastroso dos impactos acumulativos pelas situações locais e mundiais”, assim como das consequências para o desenvolvimento turístico pelo aquecimento global, alertou a Unesco.

Diante dessa ameaça, os autores da avaliação identificaram que há “um potencial importante” se houver “uma governança integrada em escala mundial e regional para fazer frente a esses problemas e reforçar a capacidade dos países para conservar e utilizar de forma duradoura” o meio marinho e seus recursos.

“A manutenção da saúde e da produtividade dos recursos desses sistemas aquáticos além das fronteiras – concluiu – permitirá ajudar os países a alcançarem os objetivos mundiais para a redução da pobreza e da fome, assim como para a promoção do crescimento econômico sustentável”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s