A nova derrota de Theresa May

ss

Só para ver em que pé anda a popularidade da primeira-ministra Theresa May, o instituto de pesquisa Survation decidiu manter aberta a coleta de intenções de voto. Caso as eleições tivessem ocorrido em 10 de junho, dois dias após as eleições parlamentares que retiraram a maioria absoluta do partido Conservador, o partido Trabalhista de Jeremy Corbyn teria levado vantagem, e ele seria hoje o primeiro-ministro. O resultado mostra como a imagem de May saiu deteriorada após as eleições, e revela que a maior parte dos eleitores acredita que ela deve renunciar ao cargo. Abaixo, mais detalhes da pesquisa.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s