Al Qaeda assume ataque contra hotel em Burkina Fasso

A Al Qaeda no Magrebe Islâmico reivindicou autoria do atentado cometido contra um hotel na noite de sexta-feira na capital de Burkina Faso

Nouakchott – A Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), o braço da organização terrorista no norte da África, reivindicou neste sábado a autoria do atentado cometido contra um hotel na noite de sexta-feira em Ouagadogou, a capital de Burkina Faso, que deixou ao menos 20 mortos.

A AQMI enviou uma mensagem assumindo a responsabilidade pelo atentado à agência privada de imprensa “Al Akhbar”, da Mauritânia, que é usada habitualmente pela organização terrorista para divulgar os relatos de sua atividade nos países do Sahel.

A organização terrorista detalhou que o ataque foi cometido por combatentes do grupo Al Mourabitoun, que é liderado pelo histórico jihadista argelino Mojtar Belmojtar.

Esse mesmo grupo foi responsável por um ataque similar na capital do Mali, Bamaco, quando homens armados tomaram o hotel Radisson Blu, que assim como o de Ouagadogou é frequentado por ocidentais, em uma ação coordenada com outros membros da AQMI, que terminou com a morte de 19 pessoas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s