Alemanha investiga jihadista infiltrado entre refugiados

Em conversa gravada por outro refugiado através de um telefone celular, o sírio afirma ter matado ao serviço do Estado Islâmico

Berlim – A Polícia da Alemanha começou a investigar a possibilidade de um radical islamita, considerado perigoso, ter se infiltrado entre refugiados que pediram asilo ao país e estão em um centro de amparo em Brandemburgo, perto de Berlim.

Fontes policiais do estado confirmaram hoje as informações divulgadas pelo jornal “Die Welt”, que apontavam que um sírio, morador de um albergue de imigrantes, tinha afirmado aos companheiros ter lutado com os jihadistas do Estado Islâmico (EI).

Segundo o jornal, o suspeito é considerado perigoso e já estava sendo observado pelos serviços de segurança de Brandemburgo.

O caso, que está sendo conduzido pelo Departamento de Investigações Criminosas da Polícia, foi aberto por causa de uma conversa gravada por outro refugiado através de um telefone celular, na qual o sírio afirma ter matado ao serviço do EI.

A Alemanha espera receber neste ano cerca de 800 mil solicitações de asilo procedentes da Síria e outras regiões em guerra.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s