Ao menos 300 pessoas são retiradas da cidade síria de Madaya

Além disso, Rahman destacou que outras 400 pessoas estão doentes, precisam de tratamento urgente e esperam para sair da cidade o mais rápido possível

Beirute – Pelo menos 300 pessoas foram evacuadas nesta terça-feira da cidade de Madaya, no sudoeste da Síria, que está cercada pelo exército de Bashar al Assad e pelo grupo xiita libanês Hezbollah, informou à Agência Efe o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdul Rahman.

Além disso, Rahman destacou que outras 400 pessoas estão doentes, precisam de tratamento urgente e esperam para sair da cidade o mais rápido possível. A ONU disse ontem à noite que centenas de pessoas teriam que ser retiradas de Madaya, pois correm sério risco de morte.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s