Arábia Saudita prende mentor de atentado ocorrido em 1996

Ahmed Ibrahim al-Mugasil, de nacionalidade saudita, é acusado de ter planejado o ataque que matou 19 soldados americanos

Após uma busca de 19 anos, as forças de segurança sauditas conseguiram capturar um homem acusado de ser o autor intelectual de um atentado que matou 19 soldados americanos no país, informou o jornal Asharq Al-Awsat.

Ahmed Ibrahim al-Mugasil, de nacionalidade saudita, é acusado de ter planejado, ao lado de cúmplices, o ataque com caminhão-bomba de 25 de junho de 1996 em Khobar (leste da Arábia Saudita), que matou 19 soldados da Força Aérea americana e 372 ficaram feridos.

O atentado destruiu um edifício de vários andares no qual moravam os militares. Vários sauditas e estrangeiros não americanos ficaram feridos.

Com base em fontes do governo, o jornal informa que o suspeito, que ficou escondido durante muito tempo no Irã, foi localizado no Líbano.

Mas não informou quando ele foi detido ou transferido para a Arábia Saudita.

Também não foi possível obter informações do governo saudita.

O detido era considerado o chefe do braço militar do Hezbollah, Al-Hijaz, vinculado ao Irã, de acordo com o jornal.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s