Assad diz que governo de transição deve ter oposição

O presidente sírio disse que seria "lógico que as forças independentes, assim como as forças de oposição, e as que são leais ao poder, estivessem representadas"

O governo de transição na Síria deve reunir as forças pró-regime e a oposição, disse nesta quarta-feira o presidente sírio, Bashar al-Assad, em uma entrevista à agência de notícias pública russa Ria Novosti.

Seria “lógico que as forças independentes, assim como as forças de oposição, e as que são leais ao poder, estivessem representadas”, disse Assad.

O presidente sírio também afirmou que os danos materiais provocados no país pela guerra desde seu início, em 2011, superaram os 200 bilhões de dólares.

“As perdas econômicas e a destruição das infraestruturas ultrapassaram os 200 bilhões de dólares”, disse Assad.

Ele acrescentou ainda que, embora os problemas econômicos possam ser resolvidos quando a situação se tornar mais estável, reparar as infraestruturas “levará muito tempo”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s