Ataques aéreos matam ao menos 33 militantes do EI

Altos funcionários do governo dos EUA disseram que os ataques franceses atingiram complexos do Estado Islâmico

Beirute – Ataques aéreos realizados pela França e outras nações mataram ao menos 33 militantes islâmicos na Síria nos últimos três dias, afirmou nesta quarta-feira um grupo que monitora a guerra civil do país.

Os ataques franceses ocorrem em retaliação aos atentados terroristas de sexta-feira à noite em Paris, nos quais morreram ao menos 129 pessoas e foram reivindicados no dia seguinte pelo Estado Islâmico.

O alvo dos ataques foi o entorno da cidade de Raqqa, a capital do autodeclarado califado extremista, de acordo com o grupo de monitoramento Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Altos funcionários do governo dos EUA disseram que os ataques franceses atingiram complexos do Estado Islâmico.

O número de mortos não pode ser verificado de forma independente. As informações em território do Estado Islâmico são difíceis de obter, uma vez que o grupo mantém segredo sobre número de membros mortos ou feridos.

Ativistas disseram que, como resultado do forte bombardeio em Raqqa, a energia foi cortada em algumas partes da cidade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s