Ataques contra ONU no Mali deixam pelo menos quatro mortos

Após as agressões, Mali desdobrou patrulhas terrestres e helicópteros que sobrevoaram a cidade em busca dos agressores

Bamaco – Pelo menos quatro pessoas morreram em dois ataques contra um campo das forças da ONU no Mali (Minusma) e uma empresa de prestação de serviços da força de paz, ambos registrados em Gao, no norte do país.

Segundo informou nesta quarta-feira a Minusma em comunicado, o primeiro ataque aconteceu ontem à noite com o lançamento de morteiros contra um campo da Minusma na avenida Château d’Eau em Gao, no qual um “capacete azul” morreu e três mais ficaram gravemente feridos junto a outras dezenas de levemente feridos, a maioria civis.

Depois disso, houve um segundo ataque com armas leves contra a sede de uma empresa associada ao Serviço de Luta Antiminas das Nações Unidas (UNMAS) que causou a morte de dois agentes privados de segurança, de nacionalidade malinesa, e de um analista internacional da empresa, cuja nacionalidade é desconhecida, acrescentou a fonte.

Após as agressões, cujos autores ainda não foram identificados, a Minusma desdobrou patrulhas terrestres e helicópteros que sobrevoaram a cidade em busca dos agressores, ressaltou a nota.

“Estou consternado por estes ataques covardes e totalmente inaceitáveis contra o campo da Minusma onde vive o pessoal da Minusma, civis em maioria, e contra uma empresa sócia”, disse o representante especial do secretário-geral da ONU e chefe da Minusma, Mahamat Saleh Annadif, em uma declaração recolhida pelo comunicado.

No domingo, cinco agentes togoleses da Minusma morreram em uma emboscada perto de Mopti, no centro do Mali, e dois dias antes outro atentado, causado nesse caso com uma mina, acabou com a vida de cinco soldados do Exército malineses e deixou gravemente feridos outros quatro em uma estrada próxima a Ansongo, sem que também não há certeza sobre a autoria do ataque. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s