Bagdá classifica ataque como “tentativa desesperada” do EI

Abadi, que visitou o centro comercial Al Yauhara, explicou que o ataque do grupo jihadista é "uma reação às vitórias das Forças Armadas iraquianas"

Bagdá – O primeiro-ministro do Iraque, Haidar al Abadi, qualificou nesta terça-feira o ataque contra um centro comercial de Bagdá de “tentativa desesperada dos terroristas” do grupo Estado Islâmico (EI), e prometeu derrotá-los, após um dia com dezenas de mortos em atentados.

Abadi, que visitou o centro comercial Al Yauhara, explicou que o ataque do grupo jihadista é “uma reação às vitórias das Forças Armadas iraquianas”.

O EI reivindicou ontem esse ataque, que foi realizado por quatro suicidas e causou, segundo a nota dos terroristas, dezenas de vítimas fatais.

Fontes do governo iraquiano informaram à Agência Efe que sete civis morreram e outros 20 ficaram feridos nesse ataque, em que os jihadistas também explodiram um carro-bomba.

Durante o ataque ao centro comercial, os extremistas fizeram vários reféns e explodiram bombas de som e outras cargas explosivas.

O Iraque vive desde junho de 2014 uma violenta luta contra o EI, que proclamou então um califado nas regiões que tomou nesse país e na Síria.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s