Bombardeio deixa 11 mortos e 30 feridos no Iêmen

A cidade de Taiz costuma ser palco de confrontos entre os rebeldes xiitas e as forças governamentais, que lutam pelo poder no Iêmen

Sana – Pelo menos 11 pessoas morreram, entre elas cinco mulheres e crianças, e 30 ficaram feridas nesta sexta-feira pelo impacto de mísseis sobre um mercado popular na cidade de Taiz, no sudoeste do Iêmen, informaram fontes médicas e moradores locais.

Vários mísseis caíram no mercado de Bab al Kabir, no centro da cidade, na tarde de hoje, quando estava repleto de pessoas que faziam compras antes do início do mês sagrado muçulmano do Ramadã, na próxima semana.

Segundo as fontes, os projéteis foram lançados pelos rebeldes houthis, que assediam a cidade, em mãos das forças leais ao presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi.

Os residentes disseram à Agência Efe que os mísseis caíram em vários bairros do centro de Taiz desde a noite de quinta-feira até esta tarde, e que as ruas da cidade ficaram sem nenhum pedestre.

As fontes médicas disseram que os hospitais Al Thaura e Al Rauda pediram aos cidadãos que doem sangue para as pessoas que foram feridas nos bombardeios.

A cidade de Taiz costuma ser palco de confrontos entre os rebeldes xiitas e as forças governamentais, que lutam pelo poder no Iêmen. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s