Bombas incendiárias são jogadas em hospital, dizem rebeldes

Cerca de 25 pessoas que estavam no hospital foram retiradas, e ninguém ficou ferido, afirmou porta-voz dos grupos da Frente Sul do Exército Sírio Livre

Um helicóptero militar sírio jogou bombas-barril incendiárias no único hospital na cercada Daraya, controlada pela oposição, no início desta sexta-feira, colocando-o fora de ação, disseram rebeldes e uma organização que monitora a guerra.

Cerca de 25 pessoas que estavam no hospital foram retiradas, e ninguém ficou ferido, afirmou por e-mail Issam al-Reis, porta-voz dos grupos da Frente Sul do Exército Sírio Livre, mas todo o equipamento médico do hospital foi destruído.

O Exército jogou 45 bombas-barris em Daraya, lançou dezenas de foguetes contra o local e o bombardeou de forma pesada desde meia-noite, declarou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um grupo de monitoramento com base no Reino Unido.

Essas bombas são barris de combustível cheios de material explosivo e estilhaços que pegam fogo e causam queimaduras graves. Seu uso foi condenado pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas no ano passado.

Não foi possível contatar militares sírios de imediato sobre a situação. O governo havia negado usar bombas-barril, mas o emprego delas tem sido amplamente registrado pela comissão de investigação das Nações Unidas sobre a Síria.

Daraya, a apenas 12 km de Damasco, está cercada pelo governo desde 2012, mas agências humanitárias tiveram acesso à cidade durante a interrupção das hostilidades ocorrida neste ano.

Nem o Estado Islâmico nem o Jabhat Fatah al-Sham, antes chamado de Frente Nusra e alinhado com a al Qaeda até o mês passado, têm Daraya como base, disse Reis.

Na terça-feira, a Human Rights Watch afirmou em relatório que a Síria e Rússia, que interveio no conflito há um ano com ataques aéreos em apoio ao governo, estavam usando as armas incendiárias numa violação das leis internacionais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s