Brexit iniciado; Samsung apresenta…

Bezos: o segundo mais rico

O fundador da companhia de tecnologia Amazon, Jeff Bezos, se tornou o segundo homem mais rico do mundo nesta quarta-feira. Bezos acrescentou 1,5 bilhão de dólares a sua fortuna feira com a alta das ações da Amazon. Os papéis subiram 2,1% um dia após a companhia afirmar que tem planos para comprar a varejista online de Dubai Souq.com. A fortuna de Bezos chegou a 75,6 bilhões de dólares, ultrapassando em 700 milhões de dólares a fortuna do investidor Warren Buffett.

Brexit: é dada a largada

Nove meses após um referendo em que 53,4% da população britânica optou por deixar a União Europeia, o Brexit vai finalmente começar. O Reino Unido entregou ao Conselho Europeu uma carta disparando o Artigo 50 da Constituição Europeia, que discorre sobre os parâmetros para que um país saída do bloco. O processo todo deve durar dois anos. Na carta, a premiê Theresa May pediu que as negociações ocorram de forma “construtiva e respeitosa”. O presidente da Comissão Europeia, Donald Tusk, disse querer que o Reino Unido permaneça sendo um “parceiro próximo”, mas voltou a lamentar o Brexit. “Não dá para fingir que hoje é um dia feliz”, disse Tusk.

Chantagem de May?

Apesar do tom conciliador, a premiê britânica, Theresa May, afirmou em um trecho da carta que falhas na tentativa de negociar um acordo de livre-comércio com a União Europeia, como deseja o Reino Unido, podem “enfraquecer” a cooperação em áreas como segurança e controle de fronteiras. “Se deixarmos a UE sem um acordo, teremos de negociar nos termos da Organização Mundial do Comércio”, diz a mensagem. Membros das organizações europeias classificaram o trecho como “chantagem”. O Reino Unido quer negociar um acordo comercial quanto antes, mas líderes da UE não têm pressa. “Primeiro vamos desfazer nossos atuais vínculos, e só depois podemos começar a falar de nossa relação futura”, declarou a chanceler alemã, Angela Merkel, nesta quarta-feira.

Socialistas em pé de guerra

O ex-premiê francês, Manuel Valls, declarou vai votar no centrista Emmanuel Macron na eleição presidencial francesa, em abril, em vez de escolher o candidato socialista, Benoit Hamon — que não é consenso entre a esquerda por suas posições mais radicais. Valls é do Partido Socialista, o mesmo do presidente François Hollande. Macron, por sua vez, já foi socialista e chegou a participar do governo de Hollande, antes de desertar e fundar uma legenda própria. Hamon tem apenas 10% das intenções de voto, enquanto Macron lidera empatado em cerca de 25% com a ultraconservadora Marine Le Pen — mas venceria Le Pen no segundo turno por 60% a 40%.

Ivanka na Casa Branca

A filha do presidente Donald Trump, Ivanka, vai se tornar funcionária oficial da Casa Branca, como conselheira do pai. A empresária anunciou nesta quarta-feira que tomou a decisão depois de “ouvir as preocupações” de que ela estivesse “aconselhando o presidente em caráter pessoal”. Anteriormente, Trump já havia dito que ela ganharia um escritório no local, mas o caráter não oficial rendeu críticas na ocasião. Em comunicado, a Casa Branca afirmou que está “satisfeita” com a decisão de Ivanka e que ela terá de seguir o mesmo código de ética dos demais profissionais do governo.

“Apartheid do século 21”

Os membros da Liga Árabe, principal associação dos países árabes, exigiram a defesa do Estado Palestino em sua reunião anual nesta quarta-feira para evitar o que o representante do Catar chamou de “apartheid do século 21”. O encontro ocorreu em meio a incertezas sobre a posição dos Estados Unidos em relação ao tema na administração de Donald Trump — quando esteve com o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, o presidente americano chegou a dizer que é possível “tanto um estado quanto dois estados”. A principal reclamação dos árabes é a construção de assentamentos israelenses em território palestino.

O salva-vidas da Samsung

A empresa de tecnologia Samsung lançou seu novo modelo de smartphone, o Galaxy S8. Com a novidade, a companhia espera retomar a liderança no mercado de vendas de smartphones perdida para a Apple e recuperar sua imagem após o episódio em que seus celulares Galaxy Note 7 começaram a explodir, no ano passado. Foram lançados dois modelos de S8, com design renovado e as maiores telas já fabricadas pela Samsung — 5,8 e 6,2 polegadas. Os aparelhos chegarão às lojas em 21 de abril, e os preços deverão ficar entre 700 e 850 dólares. O chefe da área de smartphones, D.J. Koh, disse no evento de lançamento que a Samsung precisa ser “ousada” e “aprender com os erros”.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s