Canadá confirma 2 primeiras mortes relacionadas a incêndio

Os dois mortos morreram na quarta-feira quando o veículo no qual saíam da cidade de Fort McMurray se chocou contra um caminhão de transporte

Toronto – As autoridades canadenses confirmaram nesta sexta-feira as duas primeiras mortes relacionadas com o grande incêndio que afeta o noroeste do país e que obrigou o deslocamento de aproximadamente 90 mil pessoas.

Os dois mortos, Emily Ryan, de 15 anos, e Aaron Hodgson, cuja idade não foi divulgada, morreram na quarta-feira quando o veículo no qual saíam da cidade de Fort McMurray se chocou contra um caminhão de transporte.

O pai de Ryan, Carnley Ryan, é um dos bombeiros que combate o incêndio que forçou a evacuação dos 70 mil habitantes de Fort McMurray e de 20 mil pessoas de outras comunidades do nordeste da província de Alberta.

Hodgson e Ryan são as duas primeiras vítimas do incêndio que começou na noite de domingo e que já consumiu mais de 85 mil hectares de floresta no noroeste do Canadá.

O incêndio segue fora de controle apesar de centenas de bombeiros e dezenas de helicópteros e aviões combaterem as chamas.

As elevadas temperaturas em Alberta e os fortes ventos alimentaram as chamas que provocaram a maior evacuação na história da província canadense.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s