China e Cazaquistão acordam construção de usina nuclear

O acordo, assinado durante a visita oficial à China do primeiro-ministro cazaque, Karim Masimov, inclui a exploração conjunta de depósitos de urânio

Pequim – A principal companhia de energia nuclear da China, CGN, anunciou nesta segunda-feira a assinatura de um acordo para a construção de uma usina de energia atômica no Cazaquistão, junto com a empresa Kazatomprom, que pertence ao vizinho país da Ásia Central.

O acordo, assinado durante a visita oficial à China do primeiro-ministro cazaque, Karim Masimov, inclui a exploração conjunta de depósitos de urânio no Cazaquistão.

As duas firmas iniciaram a cooperação em 2006, até agora através da exploração conjunta de uma mina de urânio e do comércio dessa fonte energética, importada desde o Cazaquistão a um mercado chinês cada vez mais ávido de fontes alternativas ao carvão.

A CGN tem atualmente uma capacidade de energia instalada de 16 gigawatts, através de 15 instalações em diversas áreas do país.

Os governos de ambos países também anunciaram hoje o estabelecimento de um fundo conjunto de US$ 2 bilhões para projetos bilaterais no marco das “Novas Rotas da Seda”, o principal programa chinês de investimentos, especialmente na Ásia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s