China se prepara para eventual chegada do vírus Zika à Ásia

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China elevou o alerta para a possibilidade de o vírus ser importado de outros países

São Paulo – As autoridades de saúde da China, país em que não há casos registados de Zika, se preparam para a eventual chegada do vírus portador da doença ao continente asiático.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China elevou na sexta-feira (29) o alerta para a possibilidade de o vírus ser importado de outros países e já começou a instruir o pessoal médico, informou hoje (30) o diário oficial China Daily.

Depois de a Organização Mundial de Saúde (OMS) ter advertido, na quinta-feira (28), que o Zika poderia afetar entre 3 e 4 milhões de pessoas na América em 2016, as autoridades chinesas anunciaram que vão cooperar e trocar informações com outros países para fazer frente aos riscos.

Os peritos chineses consideram pouco provável que o país asiático sofra um surto desta doença, como o ocorrido no continente americano, devido às condições climáticas adversas para a propagação do mosquito Aedes aegypti, que transmite o vírus.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s