COI tira 3 medalhas após reanálise de exames de Pequim

O levantador de peso armeno Tigran Gevorg Martirosyan, 3º na categoria até 69 quilos, foi flagrado pelo uso das substâncias proibidas turinabol e estanozolol

O Comitê Olímpico Internacional (COI) desqualificou nesta quarta-feira seis atletas que participaram dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e foram flagrados em reanálises de exames antidoping, entre eles, três atletas que ainda mantinham medalhas.

O levantador de peso armeno Tigran Gevorg Martirosyan, terceiro colocado na categoria até 69 quilos, foi flagrado pelo uso das substâncias proibidas turinabol e estanozolol. Com isso, deverá ter oficializada a perda do bronze nas próximas horas, que iria para o cubano Yordanis Borrero.

Na mesma disputa que teve participação de Martirosyan, também estava o moldavo Alexandru Dudoglo, que terminou na nona colocação e testou positivo para estanozolol, o que motivou sua desqualificação hoje.

A russa Nadezhda Evstyukhina, por sua vez, foi bronze na categoria até 75 quilos, e hoje teve divulgado resultado positivo para turinabol e eritropoietina. Na semana passada, a chinesa Cao Lei, que havia ficado com o ouro, também foi pega em reanálise e deverá perderá a medalha.

Como a quarta colocada, a bielorrussa Iryna Kulesha testou para quatro substâncias, conforme o que o COI divulgou hoje, o pódio passará a ser formado pela cazaque Alla Vazhenina, pela espanhola Lidia Valentín e pela mexicana Damaris Aguirre.

Outra russa, Maria Shainova, deverá perder a prata conquistada na categoria até 58 quilos do levantamento de peso de Pequim 2008, por uso de turinabol. A norte-coreana, assim, passará do bronze para a prata, e tailandesa Wandee Kameaim ficará no terceiro lugar.

Outra atleta flagrada em reanálise foi a russa Tatiana Firova, que havia sido medalhista de ouro no revezamento 4×400 metros rasos. A equipe do país, no entanto, já havia sido desqualificada pelo doping Yuliya Chermoshanskaya.

O COI já havia decidido anteriormente que a Bélgica herdaria o ouro, em pódio completado pela Nigéria e Brasil, com a equipe formada por Rosemar Coelho Neto, Lucimar de Moura, Thaissa Presti, Rosangela Santos. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s